Missão formaliza acordos de R$ 1,1 bi para Saneago

Na Rússia, delegação comercial chefiada pelo vice-governador José Eliton viabiliza investimentos nos setores de tecnologia em sistemas de saneamento, resultado de missões empreendidas pelo governador Marconi Perillo; linha de crédito principal para a estatal goiana de saneamento, no valor de R$ 1 bilhão, será disponibilizada a partir da análise de cada projeto; no curto prazo serão liberados US$ 60 milhões destinados à implantação, em dois anos, de projeto piloto; outro ato firmado viabiliza a instalação de uma indústria de montagem de tubulações, plásticos especiais e produtos inovadores de água e esgoto, com investimentos de US$ 10 milhões

Na Rússia, delegação comercial chefiada pelo vice-governador José Eliton viabiliza investimentos nos setores de tecnologia em sistemas de saneamento, resultado de missões empreendidas pelo governador Marconi Perillo; linha de crédito principal para a estatal goiana de saneamento, no valor de R$ 1 bilhão, será disponibilizada a partir da análise de cada projeto; no curto prazo serão liberados US$ 60 milhões destinados à implantação, em dois anos, de projeto piloto; outro ato firmado viabiliza a instalação de uma indústria de montagem de tubulações, plásticos especiais e produtos inovadores de água e esgoto, com investimentos de US$ 10 milhões
Na Rússia, delegação comercial chefiada pelo vice-governador José Eliton viabiliza investimentos nos setores de tecnologia em sistemas de saneamento, resultado de missões empreendidas pelo governador Marconi Perillo; linha de crédito principal para a estatal goiana de saneamento, no valor de R$ 1 bilhão, será disponibilizada a partir da análise de cada projeto; no curto prazo serão liberados US$ 60 milhões destinados à implantação, em dois anos, de projeto piloto; outro ato firmado viabiliza a instalação de uma indústria de montagem de tubulações, plásticos especiais e produtos inovadores de água e esgoto, com investimentos de US$ 10 milhões (Foto: Realle Palazzo-Martini)

247- Como resultado direto das missões empreendidas pelo governador Marconi Perillo à Rússia, a delegação comercial goiana a três países do leste europeu chefiada pelo vice-governador e secretário de Desenvolvimento Econômico (SED), José Eliton, formalizou nesta terça-feira (23), em Moscou, acordo básico sobre cooperação científica e tecnológica. A linha de crédito principal para a Saneago, no valor de R$ 1 bilhão, será disponibilizada a partir da análise de cada projeto. No curto prazo, serão liberados US$ 60 milhões destinados à implantação, em dois anos, do projeto piloto. Outro ato firmado viabiliza a instalação de uma indústria de montagem de tubulações, plásticos especiais e produtos inovadores de água e esgoto, com investimentos de US$ 10 milhões.

O acordo para pesquisas técnicas, científicas e tecnológicas foi estabelecido entre a Saneago e a LLC BS&S, sociedade russa de responsabilidade limitada, com suporte financeiro do Banco de Desenvolvimento e Assuntos Econômicos Externos da Rússia (Banco Vnesheconombank) e Grupo Aton de Investimentos.

O vice-governador José Eliton celebrou o resultado como “o primeiro de muitos outros acordos”. Ao se dirigir aos investidores russos, acentuou a determinação do governador Marconi Perillo no sentido de internacionalizar Goiás e ampliar as relações institucionais com países que possuem pauta comercial e cultural comuns.

A reunião de negócios entre o Governo de Goiás e as instituições locais foi realizada, pela manhã, na sede do Grupo Aton, em Moscou. Estavam presentes o presidente do Conselho Empresarial Rússia-Brasil e vice-presidente do Banco Vnesheconombank, Serguey Vassiliev; diretor da Aton, Andre Tikhomirov; diretor geral da LLC BS&S, Vadim Kolomiets; vice-chefe do Departamento dos EUA e América Latina do Instituto Russo de Estudos Estratégicos, Dmitry Burykh; empresários e representantes da comunidade científica local. Pela parte brasileira, o acordo foi assinado pelo vice-governador José Eliton, diretor de gestão corporativa da Saneago, Robson Salazar, e presidente da BS&S Brasil, João Salles Medeiros.

O acordo básico de cooperação técnica, tecnológica e econômica para desenvolvimento de projetos, inovação, eficiência e pesquisas prevê investimentos em Goiás nos setores de tecnologia em sistemas de saneamento, redução de perdas, aumento da eficiência operacional no abastecimento, tratamento de esgoto, geração de energia e intercâmbio acadêmico com as maiores instituições de pesquisa da Federação da Rússia.

O vice-governador José Eliton destacou o papel das missões periódicas empreendidas pelo Governo do Estado, iniciativa privada e entidades representativas do setor produtivo como um estágio “altamente promissor” para os goianos. O diretor da Aton, Andre Tikhomirov, em sua intervenção, usou o mesmo tom das intenções comerciais de Goiás e abriu novos canais e perspectivas: “Não nos despedimos ainda”, disse ele.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247