Moisés Braz destaca o "Projeto Irrigação na Minha Propriedade"

O projeto de lei 41/16 que trata do "Projeto Irrigação na Minha Propriedade"  foi lido ontem em plenário e deve permitir a implantação de 1.383 sistemas de irrigação, para melhorar o processo produtivo das pequenas propriedades rurais

O projeto de lei 41/16 que trata do "Projeto Irrigação na Minha Propriedade"  foi lido ontem em plenário e deve permitir a implantação de 1.383 sistemas de irrigação, para melhorar o processo produtivo das pequenas propriedades rurais
O projeto de lei 41/16 que trata do "Projeto Irrigação na Minha Propriedade"  foi lido ontem em plenário e deve permitir a implantação de 1.383 sistemas de irrigação, para melhorar o processo produtivo das pequenas propriedades rurais (Foto: Fatima 247)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

 Ceará 247 - O deputado Moisés Braz (PT) destacou hoje na Assembléia o projeto de lei 41/16, que tramita na assembleia Legislativa e permite a criação do "Projeto Irrigação na Minha Propriedade", da Secretaria de Desenvolvimento Agrário. Moisés Braz, pediu o apoio dos colegas para aprovação do projeto que representa "um sonho antigo das entidades rurais do Ceará e vai facilitar o acesso dos agricultores familiares a eficientes sistemas de irrigação. O projeto foi lido na sessão de ontem da Assembleia e seguiu para as comissões.

O Projeto Irrigação na Minha Propriedade será uma parceria entre o Governo do Estado e o Governo Federal, com investimento de R$ 14 milhões, sendo R$ 8,6 milhões da União e a contra partida de R$ 5,4 milhões dos cofres estaduais. O objetivo é implantar 1.383 sistemas de irrigação, para melhorar o processo produtivo das pequenas propriedades.

 

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email