CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Geral

Morre no HGP filho baleado pelo pai em Paraíso

Ruvens Negreiros, 33 anos, morreu nessa terça-feira, 16, no Hospital Geral de Palmas (HGP); ele havia sido atingido por cinco tiros de pistola pelo pai, o tenente aposentado da Polícia Militar João Lima de Negreiros, após uma discussão entre os dois; o crime aconteceu em Paraíso do Tocantins, no último domingo, 14;  Ruvens havia sido encaminhado em estado grave para o Hospital Regional de Paraíso; João Lima se apresentou na delegacia daquele município junto com uma advogada, foi ouvido e liberado em seguida

Imagem Thumbnail
Ruvens Negreiros, 33 anos, morreu nessa terça-feira, 16, no Hospital Geral de Palmas (HGP); ele havia sido atingido por cinco tiros de pistola pelo pai, o tenente aposentado da Polícia Militar João Lima de Negreiros, após uma discussão entre os dois; o crime aconteceu em Paraíso do Tocantins, no último domingo, 14;  Ruvens havia sido encaminhado em estado grave para o Hospital Regional de Paraíso; João Lima se apresentou na delegacia daquele município junto com uma advogada, foi ouvido e liberado em seguida (Foto: Aquiles Lins)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

Tocantins 247 - Ruvens Negreiros, 33 anos, morreu nessa terça-feira, 16, no Hospital Geral de Palmas (HGP). Ele havia sido baleado pelo pai, o tenente aposentado da Polícia Militar João Lima de Negreiros, após uma discussão em Paraíso do Tocantins, no último domingo, 14. Ele havia sido encaminhado em estado grave para o Hospital Regional de Paraíso. 

De acordo com a Polícia Militar (PM), Ruvens era usuário de drogas e teria chegado em casa alterado exigindo a quantia de R$ 100, porém, o pai teria informado que tinha apenas R$ 20. Segundo testemunhas, Ruves chegou na residência acompanhado de uma mulher, após deixar festas realizadas naquela cidade. Na ocasião teria pedido o dinheiro para pagar dívidas contraídas ainda no domingo.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

A vítima, insatisfeita com a negativa do pai e depois de várias agressões verbais, teria partido para o ataque físico, oportunidade em que Negreiros sacou uma pistola ponto 380 e disparou vários tiros contra o filho. Ruves foi atingido com pelo menos cinco tiros na região do tórax. Após o ocorrido, João Lima se apresentou na delegacia daquele município junto com uma advogada, foi ouvido e liberado em seguido.

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO