Morre o empresário César Mata Pires, dono da OAS

Morreu em São Paulo o empresário baiano César Mata Pires, dono da construtora OAS; as informações dão conta de que ele estava caminhando pelo bairro do Pacaembu, na capital paulista, quando sofreu um infarto; o empresário é casado com uma das filhas do ex-senador Antônio Carlos Magalhães, Tereza Mata Pires

Morreu em São Paulo o empresário baiano César Mata Pires, dono da construtora OAS; as informações dão conta de que ele estava caminhando pelo bairro do Pacaembu, na capital paulista, quando sofreu um infarto; o empresário é casado com uma das filhas do ex-senador Antônio Carlos Magalhães, Tereza Mata Pires
Morreu em São Paulo o empresário baiano César Mata Pires, dono da construtora OAS; as informações dão conta de que ele estava caminhando pelo bairro do Pacaembu, na capital paulista, quando sofreu um infarto; o empresário é casado com uma das filhas do ex-senador Antônio Carlos Magalhães, Tereza Mata Pires (Foto: Leonardo Lucena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Bahia 247 - Morreu nesta terça-feira (22), em São Paulo, o empresário baiano César Mata Pires, dono da construtora OAS.

Mata Pires estaria caminhando pelo bairro do Pacaembu, na capital paulista, quando sofreu um infarto.

O empresário é casado com uma das filhas do ex-senador Antônio Carlos Magalhães, Tereza Mata Pires, mas teria se tornado um desafeto da família nos últimos anos de vida do chefe do clã político baiano.

A OAS é investigada na Operação Lava Jato. Mata Pires é o maior acionista, porém não foi citado nominalmente nos escândalos.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email