Morre o jornalista e secretário Isanulfo Cordeiro

Faleceu na noite de sábado (13), aos 66 anos, no Hospital do Coração, em Goiânia, o jornalista Isanulfo de Abreu Cordeiro; secretário-chefe de Assuntos Internacionais do Governo de Goiás, há alguns meses ele enfrentava problemas de saúde em decorrência de um câncer; nascido em Campos Belos, no nordeste goiano, Isanulfo Cordeiro era formado em Comunicação Social e em Direito pela Universidade Federal de Goiás, e pós-graduado pelo IICS/Universidad de Navarra, na Espanha

Faleceu na noite de sábado (13), aos 66 anos, no Hospital do Coração, em Goiânia, o jornalista Isanulfo de Abreu Cordeiro; secretário-chefe de Assuntos Internacionais do Governo de Goiás, há alguns meses ele enfrentava problemas de saúde em decorrência de um câncer; nascido em Campos Belos, no nordeste goiano, Isanulfo Cordeiro era formado em Comunicação Social e em Direito pela Universidade Federal de Goiás, e pós-graduado pelo IICS/Universidad de Navarra, na Espanha
Faleceu na noite de sábado (13), aos 66 anos, no Hospital do Coração, em Goiânia, o jornalista Isanulfo de Abreu Cordeiro; secretário-chefe de Assuntos Internacionais do Governo de Goiás, há alguns meses ele enfrentava problemas de saúde em decorrência de um câncer; nascido em Campos Belos, no nordeste goiano, Isanulfo Cordeiro era formado em Comunicação Social e em Direito pela Universidade Federal de Goiás, e pós-graduado pelo IICS/Universidad de Navarra, na Espanha (Foto: José Barbacena)

A Redação - Faleceu na noite deste sábado (13), aos 66 anos, no Hospital do Coração, em Goiânia, o jornalista Isanulfo de Abreu Cordeiro. Secretário-chefe de Assuntos Internacionais do Governo de Goiás, há alguns meses ele enfrentava problemas de saúde em decorrência de um câncer.

Nascido em Campos Belos, no nordeste goiano, Isanulfo Cordeiro era formado em Comunicação Social e em Direito pela Universidade Federal de Goiás, e pós-graduado pelo IICS/Universidad de Navarra, na Espanha.

Já foi editor-chefe do jornal O Popular, entre vários cargos de chefia. Também se dedicou durante muitos anos ao serviço público, como auxiliar do governador Marconi Perillo. Foi chefe de Gabinete de Gestão de Imprensa do governador e, antes de falecer, ocupava o cargo de secretário-chefe de Assuntos Internacionais.

Em novembro do ano passado Isanulfo foi homenageado pela UFG com Medalha de Honra. A condecoração é destinada a ex-alunos da instituição que tenham se destacado por contribuições relevantes prestadas à sociedade. Por motivos de saúde, ele não compareceu à cerimônia.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247