Morte de secretário: irmão de prefeita está envolvido

Polícia Civil apresentou neste domingo Paulo Henrique Coutinho, irmão da atual prefeita de Passo do Camaragibe, como o principal acusado de matar Márcio Bonfim Alves (na foto), ex-secretário de Agricultura do município. Polícia afirma que crime teve motivação política. Márcio foi assassinado a tiros no dia 22 de maio    

Morte de secretário: irmão de prefeita está envolvido
Morte de secretário: irmão de prefeita está envolvido

GazetaWeb_ A Polícia Civil confirmou, durante coletiva na manhã deste domingo (7), na sede da Delegacia Geral, em Jacarecica, que a morte do secretário de Agricultura de Passo do Camaragibe, Márcio Bonfim Alves, de 34 anos, teve motivação política e o principal acusado no assassinato do gestor é o irmão da atual prefeita do município, o empresário e agropecuarista Paulo Henrique Coutinho Nogueira, 43 anos. O crime também contou com a participação do policial militar Rubens Felisberto da Ataíde Júnior, 40, vulgo Bureco, e de Janailson da Silva Souza Júnior, 19 anos.

Apesar de o caso estar esclarecido, o inquérito policial ainda não foi concluído, haja vista que os acusados serão ouvidos pelo delegado que presidiu as investigações, Rodrigo Sarmento, além da diretora da Divisão Especial de Investigação e Capturas (Deic), delegada Ana Luiza Nogueira, e do delegado Robervaldo Davino.

De acordo com Rodrigo Sarmento, o assassinato foi motivado por questões políticas, visto que houve divergências entre o secretário e o irmão da prefeita, Márcia Coutinho Nogueira de Albuquerque. Antes de tomar assento como secretário, Márcio teria feito críticas à atual gestão após o não cumprimento de uma promessa de que ele ocuparia um cargo na prefeitura da cidade, fato que revoltara a família da gestora.

A delegada Ana Luiza também falou com a imprensa, a quem garantiu a participação do empresário – autor intelectual e material -, do cabo da PM e de Janilson; porém, não se sabe quem efetuou os disparos na vítima. Ao todo, seis mandados de busca e apreensão e três de prisão foram expedidos pelo juiz Wilamo de Omena Lopes, da Comarca de São Luiz do Quitunde. No início desta manhã, Paulo Henrique foi localizado em um apartamento na Ponta Verde, em Maceió, Janailson em Passo do Camaragibe e Rubens em São Miguel dos Milagres.

O corpo da vítima foi encontrado no dia 22 de maio, às margens da AL-101 Norte, na Fazenda Riachão. De acordo com agentes da Delegacia de Passo do Camaragibe, o cadáver encontrava-se a alguns metros do seu veículo, que estava com o som ligado e portas abertas. 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247