Mortes nas marginais voltam a aumentar com as velocidades de Doria

A quantidade de acidentes com vítimas nas marginais Tietê e Pinheiros subiu pelo quarto mês consecutivo após o aumento do limite de velocidade feito pelo prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB);  as marginais tiveram 144 ocorrências com vítimas em maio deste ano, contra 115 no ano passado –uma alta de 25%; o número de mortes também seguiu tendência de alta; foram 11 nos cinco primeiros meses de 2017 e 8 no mesmo período do ano passado

Doria marginal
Doria marginal (Foto: Giuliana Miranda)

SP 247 - Após o aumento do limite de velocidade nas marginais Tietê e Pinheiros, promovido pelo prefeito João Doria (PSDB), o número de acidentes com vítimas nas duas vias cresceu pelo quarto mês consecutivo.

As informações são de reportagem da Folha de S.Paulo.

"Segundo dados do batalhão de trânsito da Polícia Militar, as marginais tiveram 144 ocorrências com vítimas em maio deste ano, contra 115 no ano passado –uma alta de 25%. O crescimento é ainda maior quando se consideram os quatro meses seguintes à mudança nos limites, que entrou em vigor no dia 25 de janeiro.

Entre fevereiro e maio, os acidentes com vítimas aumentaram 38% –de 392 em 2016 para 540 neste ano, de acordo com dados da PM. O número de mortes também seguiu tendência de alta. Foram 11 nos cinco primeiros meses de 2017 e 8 no mesmo período do ano passado.

Motociclistas são as principais vítimas. Eles estavam envolvidos em 78,5% das ocorrências deste ano (de janeiro a maio), um leve aumento de proporção em relação ao ano passado, quando essa parcela foi de 74,6%.

Em maio, os motociclistas foram proibidos pela gestão Doria de circular nas pistas centrais da Tietê das 22h às 5h. Essa é uma das apostas da administração tucana para tentar conter a alta de acidentes do tipo nas marginais."

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247