Mortos por acidente em cruzeiro chegam a 7 na Itália

Equipes de resgate encontraram mais um corpo entre os destroos do Costa Concordia no incio desta manh; outras 28 pessoas continuam desaparecidas

Mortos por acidente em cruzeiro chegam a 7 na Itália
Mortos por acidente em cruzeiro chegam a 7 na Itália (Foto: Guardia Costiera/Handout/REUTERS)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

As equipes de resgate encontraram no início desta terça-feira um corpo entre os destroços do cruzeiro de luxo Costa Concordia, que se acidentou na sexta-feira. Com isso, subiu para sete o número de mortes confirmadas no acidente, informou o jornal La Stampa em seu site.

O corpo não havia sido recuperado, segundo o diário, que citou as equipes de resgate. Outras 28 pessoas estavam desaparecidas, segundo o La Stampa.

As equipes de resgate usaram alguns explosivos para criar quatro pequenas aberturas no casco da embarcação, que está encalhada perto da ilha de Giglio, na Toscana. Há 29 passageiros e tripulantes desaparecidos. Segundo um porta-voz da Marinha, em entrevista à Sky TV 24, os pequenos buracos criados no início desta terça-feira permitem que os mergulhadores entrem facilmente para as buscas. Os buracos foram feitos acima e abaixo do nível da água. Imagens da televisão mostraram que os buracos tinham menos de dois metros de diâmetro.

O acidente tornou-se também uma potencial tragédia ambiental, já que o mar mais agitado atinge o navio e gera temores de que combustível possa vazar na área. As informações são da Associated Press e da Dow Jones.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email