MP lança nota de repúdio aos ataques a forças de segurança

Em nota oficial divulgada nesta quarta (20), o Ministério Público do Ceará repudia os ataques sofridos pelas forças de segurança do Estado e de Fortaleza e diz que não irá se intimidar pela “ação vil e covarde de criminosos. “Reafirmamos nosso compromisso, enquanto instituição incumbida da defesa da ordem jurídica e dos interesses maiores da sociedade, de promover as medidas necessárias para continuar combatendo o crime organizado”

Em nota oficial divulgada nesta quarta (20), o Ministério Público do Ceará repudia os ataques sofridos pelas forças de segurança do Estado e de Fortaleza e diz que não irá se intimidar pela “ação vil e covarde de criminosos. “Reafirmamos nosso compromisso, enquanto instituição incumbida da defesa da ordem jurídica e dos interesses maiores da sociedade, de promover as medidas necessárias para continuar combatendo o crime organizado”
Em nota oficial divulgada nesta quarta (20), o Ministério Público do Ceará repudia os ataques sofridos pelas forças de segurança do Estado e de Fortaleza e diz que não irá se intimidar pela “ação vil e covarde de criminosos. “Reafirmamos nosso compromisso, enquanto instituição incumbida da defesa da ordem jurídica e dos interesses maiores da sociedade, de promover as medidas necessárias para continuar combatendo o crime organizado” (Foto: Rodrigo Rocha)

Ceará247 - O Ministério Público do Ceará divulgou, nesta quarta-feira (20), nota de repúdio aos ataques sofridos pelas forças de segurança pública do Estado e de Fortaleza, ocorridos nos últimos dias. No texto, o órgão afirma estar empenhado na segurança pública no Estado do Ceará e diz que "permanece atuante e atento, não se deixando intimidar pela ação vil e covarde de criminosos”. Confira na íntegra:

 “O Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE) vem repudiar publicamente os ataques sofridos pelas forças de segurança pública do Estado do Ceará e do Município de Fortaleza nos últimos dias, os quais tiveram como lamentável resultado, dentre outros, o falecimento do Sargento da Polícia Militar Francisco Moésio Pinheiro Barbosa. Aos familiares e às vítimas dos ataques, manifestamos irrestrito apoio e nossos sentimentos de condolências e solidariedade.

O Ministério Público, em parceria com os demais órgãos empenhados na segurança pública no Estado do Ceará, permanece atuante e atento, não se deixando intimidar pela ação vil e covarde de criminosos. Reafirmamos nosso compromisso, enquanto instituição incumbida da defesa da ordem jurídica e dos interesses maiores da sociedade, de promover as medidas necessárias para continuar combatendo o crime organizado no Estado, empenhando-nos em apoiar a apuração dos fatos para punir os responsáveis, com firme atuação do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO)”.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247