MPCE instaura inquérito civil público sobre atraso de repasses para o ICC

O Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE) instaurou nesta quinta (23) um Inquérito Civil Público sobre o atraso dos repasses da Secretaria Municipal de Saúde ao Instituto do Câncer do Ceará (ICC), que levou à suspensão de novos atendimentos pelo SUS. Foi agendada uma audiência para a próxima quinta (2), e os envolvidos estão convocados a comparecer

O Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE) instaurou nesta quinta (23) um Inquérito Civil Público sobre o atraso dos repasses da Secretaria Municipal de Saúde ao Instituto do Câncer do Ceará (ICC), que levou à suspensão de novos atendimentos pelo SUS. Foi agendada uma audiência para a próxima quinta (2), e os envolvidos estão convocados a comparecer
O Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE) instaurou nesta quinta (23) um Inquérito Civil Público sobre o atraso dos repasses da Secretaria Municipal de Saúde ao Instituto do Câncer do Ceará (ICC), que levou à suspensão de novos atendimentos pelo SUS. Foi agendada uma audiência para a próxima quinta (2), e os envolvidos estão convocados a comparecer (Foto: Rodrigo Rocha)

Ceará 247 - O Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), através da 1ª Promotoria de Justiça de Defesa da Saúde Pública, instaurou nesta quinta-feira (23) um Inquérito Civil Público que trata sobre o atraso no repasse dos recursos, por parte da Secretaria Municipal de Saúde de Fortaleza (SMS), motivo que levou à suspensão de novos atendimentos pelo Sistema Único de Saúde (SUS) junto ao Instituto do Câncer do Ceará (ICC).

A medida visa discutir e solucionar a problemática, de forma a garantir-se a continuidade dos atendimentos a pacientes do SUS. Com isso, foi agendada audiência, para a próxima quinta-feira (2/3), às 10 horas, na sede da Promotoria. Os representantes do ICC e da Secretaria Municipal da Saúde foram convocados a comparecer.

(Com informações do Blog do Eliomar)

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247