MST desbloqueia rodovia e segue para o Farol da Barra em Salvador

O bloqueio feito pelos manifestantes e mini trio elétrico atravessado na via ocorreu em protesto contra o impeachment da presidenta Dilma Rousseff (PT), no quilômetro 603 da BR-324. Após o desbloqueio, os integrantes seguem para o Farol da Barra, em Salvador, onde pretendem permanecer em vigília até amanhã (17), para acompanhar a votação

O bloqueio feito pelos manifestantes e mini trio elétrico atravessado na via ocorreu em protesto contra o impeachment da presidenta Dilma Rousseff (PT), no quilômetro 603 da BR-324. Após o desbloqueio, os integrantes seguem para o Farol da Barra, em Salvador, onde pretendem permanecer em vigília até amanhã (17), para acompanhar a votação
O bloqueio feito pelos manifestantes e mini trio elétrico atravessado na via ocorreu em protesto contra o impeachment da presidenta Dilma Rousseff (PT), no quilômetro 603 da BR-324. Após o desbloqueio, os integrantes seguem para o Farol da Barra, em Salvador, onde pretendem permanecer em vigília até amanhã (17), para acompanhar a votação (Foto: Rodrigo Rocha)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Sayonara Moreno, da Agência Brasil - Militantes do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) liberaram, por volta das 11h15 de hoje (16), o bloqueio na BR-324, no sentido que segue para Salvador. As famílias não fizeram uma marcha, já que permaneceram bloqueando a pista desde que chegaram ao local, em 13 ônibus. O bloqueio feito pelos manifestantes e mini trio elétrico atravessado na via ocorreu em protesto contra o impeachment da Presidenta Dilma Rousseff no quilômetro 603 da BR-324.

"Nós não fechamos totalmente a via porque entendemos que as pessoas têm o direito de ir e vir e não estamos contra a sociedade. Estamos aqui porque somos a favor da democracia e contra esse golpe que está sendo perpetrado contra a presidenta Dilma. No Farol da Barra nos juntaremos aos demais companheiros e companheiras, para seguir na luta", disse o presidente estadual do MST, Evanildo Costa.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal da Bahia (PRF), as famílias chegaram por volta das 8h e fecharam  a rodovia, mas logo decidiram liberar uma das faixas para evitar transtornos à população.  A PRF informou que o congestionamento no sentido da capital baiana chegou a 2 quilômetros, mesmo depois da liberação de uma das faixas.

Após o desbloqueio, os integrantes seguem para o Farol da Barra, em Salvador, onde pretendem permanecer em vigília até amanhã (17), para acompanhar a votação do processo de impeachment da presidenta Dilma, na Câmara dos Deputados, em Brasília.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247