Mulher sofre acidente com barco no Lago de Palmas e tem perna amputada

Uma mulher de 21 anos identificada como Crislane Pereira de Souza sofreu um acidente em uma lancha no Lago de Palmas; testemunhas relataram que o barco estava ligado e estava subindo quando caiu, foi sugada pela hélice da embarcação e teve uma das pernas amputadas; Crislane foi socorrida e encaminhada para o Hospital Geral de Palmas (HGP) onde se encontra em estado grave e precisa de transfusão de sangue; uma campanha foi criada na internet para conseguir as doações de sangue, qualquer tipo em nome da vítima

Uma mulher de 21 anos identificada como Crislane Pereira de Souza sofreu um acidente em uma lancha no Lago de Palmas; testemunhas relataram que o barco estava ligado e estava subindo quando caiu, foi sugada pela hélice da embarcação e teve uma das pernas amputadas; Crislane foi socorrida e encaminhada para o Hospital Geral de Palmas (HGP) onde se encontra em estado grave e precisa de transfusão de sangue; uma campanha foi criada na internet para conseguir as doações de sangue, qualquer tipo em nome da vítima
Uma mulher de 21 anos identificada como Crislane Pereira de Souza sofreu um acidente em uma lancha no Lago de Palmas; testemunhas relataram que o barco estava ligado e estava subindo quando caiu, foi sugada pela hélice da embarcação e teve uma das pernas amputadas; Crislane foi socorrida e encaminhada para o Hospital Geral de Palmas (HGP) onde se encontra em estado grave e precisa de transfusão de sangue; uma campanha foi criada na internet para conseguir as doações de sangue, qualquer tipo em nome da vítima (Foto: Leonardo Lucena)

Tocantins 247 - Uma mulher de 21 anos identificada como Crislane Pereira de Souza sofreu um acidente em uma lancha no Lago de Palmas, na tarde do sábado (2). Testemunhas relataram que o barco estava ligado e estava subindo quando caiu, foi sugada pela hélice da embarcação e teve uma das pernas amputadas. Crislane foi socorrida e encaminhada para o Hospital Geral de Palmas (HGP) onde se encontra em estado grave e precisa de transfusão de sangue. Uma campanha foi criada na internet para conseguir as doações de sangue, qualquer tipo em nome da vítima.

"Pessoal, venho através deste pedir a todos que puderem doar sangue (qualquer tipo) em nome de CRISLANIA PEREIRA DE SOUZA. Favor comparecer no Hemocentro ou HGP de Palmas –Tocantins. Ela sofreu um acidente e está precisando muito. Que Deus pague cada um. É um momento bastante delicado para todos nos amigos e parentes, mais Deus está a frente da situação", disse uma amiga no Facebook.

A Polícia Militar esteve no local e disse, que, segundo testemunhas, o piloto da embarcação fez uma arrancada forte com a lancha e, em consequência, a vítima caiu. De acordo com a PM, o piloto da embarcação saiu do local afirmando que se apresentaria na Delegacia de Polícia Civil, mas a equipe da polícia militar constatou que ele não o fez.

Piloto nega omissão
O piloto Humberto Célio Pereira, que é auditor fiscal do Ministério do Trabalho, negou ter fugido do local sem prestar socorro. "Muito pelo contrário eu fiquei lá o tempo todo e depois do acidente já fui ao hospital três vezes e estou me informando por telefone", afirmou ao T1 Notícias. Segundo ele, o que aconteceu foi uma "fatalidade".

Pereira afirmou toda a documentação do barco foi apresentada na delegacia de Polícia Civil no dia seguinte ao acidente. "Eu me apresentei na delegacia, apresentei todos os documentos da embarcação e, além disso, o barco tem capacidade para 14 pessoas e só tinha 10", acrescentou o piloto, ao afirmar que foi abordado pela guarda da Marinha antes do acidente quando também apresentou os documentos.

Pereira negou ter ingerido bebida alcoólica. "Eu estava pilotando e não havia ingerido bebida alcoólica, nem posso beber, pois já tive malária, hepatite, tomo remédio para pressão. Eu não posso beber", disse.

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247