Musa da CPI aparece algemada na capa da Playboy de setembro

Ensaio de Denise Rocha foi realizado em uma construção antiga de São Paulo; revista chega às bancas na próxima terça-feira

Musa da CPI aparece algemada na capa da Playboy de setembro
Musa da CPI aparece algemada na capa da Playboy de setembro (Foto: Divulgação)

247 - Denise Rocha, a Musa da CPI do Cachoeira, aparece algemada na capa da nova edição da Playboy. Com o título “Que Escândalo! O Furacão da CPI Revela Tudo”, a imagem traz a assessora parlamentar de lingerie preta e calça de couro, com as mãos presas em algemas. A revista chega às bancas terça-feira que vem, 4.

Denise, que trabalhava com o senador Ciro Nogueira (PP-PI), chamou atenção durante a CPI do Cachoeira, quando teve um vídeo de sexo publicado na internet, chamando atenção dos políticos e da imprensa. Ela ganhou o apelido de "Furacão da CPI" e foi exonerada do cargo no início de agosto, quando decidiu aceitar o convite para posar nua. O ensaio foi realizado por J. R. Duran em uma construção antiga de São Paulo.

A atriz Leona Cavalli, que estamparia a edição de setembro da revista, provavelmente ficará para o mês seguinte. Ela vive a personagem Zarolha da novela “Gabriela”, da TV Globo.

Leia abaixo matéria anterior do 247, sobre a demissão de Denise Rocha do Senado:

Vídeo causa demissão de Denise, Furacão da CPI

Brasília 247 – Foi publicada na edição de segunda-feira 6 do boletim administrativo a exoneração da ex-assessora parlamentar Denise Rocha. Conhecida pelos corredores do Congresso por sua beleza, o Furacão da CPI foi demitida cerca de um mês depois da divulgação de um vídeo em que aparece fazendo sexo.

Denise trabalhava no gabinete do senador Ciro Nogueira (PP-PI). Para a ex-assessora, a decisão é machista. "Foi machismo. Só ouviram um lado. Ele tomou a decisão que achou melhor para ele. Só acho de foi desumano", afirmou a musa.

No Senado nesta manhã, Denise evitou falar mal do ex-chefe. "Admiro muito o trabalho dele, como ele já disse que admirava o meu. O que vai ficar agora é a saudade".

A Polícia Civil investiga o caso, mas ainda não é conhecida a autoria de quem divulgou as imagens. O homem que aparece no vídeo de quase três minutos nega que tenha feito a divulgação.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247