"Não sabemos o motivo. Foi uma terrível tragédia"

Frase é do prefeito Michael Bloomberg, de Nova York, a respeito do atentado a tiros que feriu nove e deixou dois mortos; chefe da polícia informa que alguns feridos podem ter sido baleados por policiais; investigação irá apurar as causas; atirador tinha 53 anos e foi identificado como Jeff Johnson; ele portava uma pistola calibre 45; atentado político é descartado

"Não sabemos o motivo. Foi uma terrível tragédia"
"Não sabemos o motivo. Foi uma terrível tragédia" (Foto: Edição/247)

247

O autor de um atentado a tiros próximo ao Empire State, em Nova York, foi identificado como Jeffrey Johnson, de 53 anos. A polícia informou que ele havia sido demitido da empresa de importação Hazan no ano passado e, por isso, estava "descontente". Johnson matou com um tiro na cabeça uma ex-colega de trabalho, de 41 anos, cuja identidade não foi informada. Depois ele foi morto pela polícia.

Leia abaixo noticiário anterior do 247:

247 - O prefeito de Nova York, Michael Bloomberg, fez um pronunciamento oficial no local do tiroteio que deixou hoje duas pessoas mortas e outras nove feridas próximo ao Empire State. Ele informou que as causas começaram a ser investigadas e não deu qualquer indicação do que pode ter motivado o ocorrido. "É uma terrível tragédia", lamentou. Bloomberg disse também que sente muito pelas famílias das vítimas.

Após o prefeito, o chefe da Polícia de Nova York, Ray Kelly, informou que entre os baleados não há nenhuma criança. Dos nove, eles acreditam que haja duas mulheres e sete homens. O atirador portava uma pistola calibre .45 e tinha perdido o emprego há um ano. A outra pessoa morta era um ex-colega de empresa de Johnson. Kelly também disse que algumas das vítimas podem ter sido atingidas pelos policiais.

Leia abaixo noticiário anterior do 247:

247 – O fantasma de um novo atentado terrorista em Nova York voltou a assaltar a cidade mais importante do mundo. Homem com metralhadora, na manhã desta sexta-feira 24, disparou nas proximidades do edifício mais conhecido do planeta – o Empire State Building – e, segundo as primeiras informações, matou uma pessoa. Segundo a polícia americana, não se tratou de um atentado terrorista clássico, como o que derrubou, em 2001, as torres gêmeas, matando 2.606 pessoas no coração financeiro da cidade, por ação de fanáticos fundamentalistas da rede Al Qaeda. Agora, ao que parece inicialmente, o atentado foi cometido por iniciativa individual, repetindo cenas que os Estados Unidos já se acostumaram a viver em cidades menores do país.

Leia abaixo noticiário sobre o tiroteio, com informações de agências internacionais:

O tiroteio aconteceu pouco depois das 9h (horário local), na esquina da 34th Street com a Fifth Avenue. Segundo a polícia, foram nove pessoas baleadas ao todo. O atirador, identificado como Jeffrey Johnson, tinha 53 anos e foi morto pelos policiais. A outra pessoa morta era um ex-colega de empresa de Johnson. As viaturas chegaram em poucos minutos e o policiamento é intenso no local. O FBI também está presente. O homem vestia terno e carregava uma pasta de negócios, segundo pessoas que estavam próximas ao local.

Relatos

Uma testemunha, Aliyah Imam, disse ao canal Fox News que o atirador foi "atirando indiscriminadamente nas pessoas". Ela contou que uma mulher próxima a ela caiu no chão após levar um tiro.

Délia Anister, que trabalha em um escritório perto do edifício, disse que ouviu vários tiros em sequência. O Empire State fica a dois quarteirões da estação da Pensilvânia, uma das principais de Nova York.

Outra testemunha contou que voltava de uma consulta ao dentista próximo ao local quando ouviu um tiro de arma de fogo. "De repente eu ouvi dois tiros ou três tiros, boom boom boom, e vi dois rapazes, eles foram para o chão", disse a mulher, que se identificou apenas como Monica. "Eu fiquei com muito medo".

Confira abaixo ondo ocorreu o tiroteio:

 


Sobre o Empire State

O Empire State Building é um arranha-céu de 102 andares de estilo Art déco localizado na intersecção da 5ª Avenida com a West 34th Street na cidade Nova York. Seu nome deriva do apelido do estado de Nova York. Foi considerada uma das estruturas mais altas do mundo por mais de quarenta anos, desde a sua conclusão em 1931 até que a construção da Torre Norte do World Trade Center foi concluída em 1972.

Logo após a destruição do World Trade Center em 2001, o Empire State Building recebeu novamente o título de edifício mais alto de Nova York. Foi superado pela Freedom Tower em construção, a 30 de abril de 2012.[5] Este novo edifício e todo o resto do complexo, denominado Novo World Trade Center, está sendo construído no antigo terreno do World Trade Center.

Foi declarada uma das Novas maravilhas do Mundo Moderno pela Sociedade Americana de Engenheiros Civís e também como uma das marcas registradas da cidade de Nova York. O edifício é mantido e operado pela W&H Properties.

(com informações da Wikipedia)


Reuters

Reuters

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247