NE tem seis das 50 cidades mais violentas do mundo

Duas cidades brasileiras – Maceió (AL) e João Pessoa (PB) – ficaram entre as dez mais violentas do mundo em 2012, ocupando a sexta e décima posição, respectivamente;  segundo a ONG (ONG) mexicana “Seguridad Justicia y Paz”, 15 das 50 cidades mais violentas em nível mundial são brasileiras, seis delas localizadas na Região Nordeste (Fortaleza (CE), Salvador (BA), São Luís (MA) e Recife (PE)

NE tem seis das 50 cidades mais violentas do mundo
NE tem seis das 50 cidades mais violentas do mundo
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

PE247 – Duas cidades brasileiras – Maceió (AL) e João Pessoa (PB) – ficaram entre as dez mais violentas do mundo em 2012, ocupando as sexta e décima posição, respectivamente. Enquanto a capital alagoana registrou uma taxa de 85,88 homicídios para cada grupo de 100 mil habitantes, a paraibana apresentou taxa de 71,59. Das 50 cidades mais violentas do mundo, 15 são brasileiras, sendo seis na Região Nordeste – além dessas duas, figuram no ranking Fortaleza (CE), na 13ª posição, seguida de Salvador (BA), depois, São Luís (MA), ao amargar o 23° lugar, e o Recife (PE), na 30 ª posição.

De acordo com dados da Organização Não Governamental (ONG) mexicana “Seguridad Justicia y Paz”, a primeira posição em nível global é da cidade de San Pedro Sula, em Honduras, com 169,3 crimes para cada 100 mil habitantes. Em segundo lugar está Acapulco, no México (142,88/100 mil habitantes), e em terceiro Caracas, na Venezuela (118,99).

Em relação aos 15 municípios brasileiros, depois de Maceió e João Pessoa aparecem as cidades de Manaus (AM), na 11ª posição, com taxa de 70,11., Fortaleza, na 13ª colocação, registrou taxa de 66,39 e Salvador, na 14 ª, uma taxa de 65,64. Em seguida, na 16ª, figura Vitória (ES), com 60,40, São Luís (MA), em 23° lugar (50,16).

Ainda segundo a pesquisa, em 26° lugar ficou Belém (PA), com taxa de 48,23 mortes por 100 mil habitantes, enquanto que Cuiabá (MT) ocupou a 28ª (45,28). Depois do Recife, na 30 ª (44,54), veio Goiânia (GO), na 34 ª colocação (42,01), Curitiba (PR), na 42 ª (34,08), Macapá (AP), na 45 ª (32,06), Belo Horizonte (MG), na 48 ª (29,74), e Brasília (DF), em 49° (29,73).

O fato de 15 municípios brasileiros encabeçarem lista significa que o Brasil tem 30% das 50 cidades mais violentas do mundo. Confira aqui (http://www.seguridadjusticiaypaz.org.mx/biblioteca/prensa/finish/5-prensa/163-san-pedro-sula-otra-vez-primer-lugar-mundial-acapulco-el-segundo/0), nas páginas 3,4 e 5 o ranking da pesquisa.

De acordo com o relatório, “as proibições e o desarmamento não detêm os delinquentes violentos que sempre tem forma de obter armas. As proibições só desarmam as pessoas inocentes e as deixam mais desarmadas perante os criminosos”.

A alternativa para a diminuição da violência consiste em dois tipos de ações, conforme a pesquisa: “o crescente e sistemático abatimento da impunidade e fazer que a polícia cumpra com suas tarefas de prevenir e perseguir os delitos, com respeito aos direitos fundamentais dos indivíduos. Isso é o que demonstra a larga experiência universal e o que se tem mostrado eficaz recentemente na Colômbia e no Brasil”, diz o texto.

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email