No dia da votação no Senado, Dilma inaugura obra no TO

A ministra da Agricultura, Kátia Abreu, anunciou que a presidente Dilma Rousseff (PT) vai participar, em Palmas, da inauguração do Centro de Pesquisa Embrapa Aquicultura e Pesca Nacional, obra viabilizada com recursos federais da ordem de R$ 85 milhões; no mesmo dia, sexta-feira, 6 de maio, a Comissão do Senado vota relatório que decide se a presidente será afastada, ou não, do cargo pelo período de 180 dias

A ministra da Agricultura, Kátia Abreu, anunciou que a presidente Dilma Rousseff (PT) vai participar, em Palmas, da inauguração do Centro de Pesquisa Embrapa Aquicultura e Pesca Nacional, obra viabilizada com recursos federais da ordem de R$ 85 milhões; no mesmo dia, sexta-feira, 6 de maio, a Comissão do Senado vota relatório que decide se a presidente será afastada, ou não, do cargo pelo período de 180 dias
A ministra da Agricultura, Kátia Abreu, anunciou que a presidente Dilma Rousseff (PT) vai participar, em Palmas, da inauguração do Centro de Pesquisa Embrapa Aquicultura e Pesca Nacional, obra viabilizada com recursos federais da ordem de R$ 85 milhões; no mesmo dia, sexta-feira, 6 de maio, a Comissão do Senado vota relatório que decide se a presidente será afastada, ou não, do cargo pelo período de 180 dias (Foto: Voney Malta)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Tocantins 247 – No mesmo dia em que a Comissão do Senado Federal vai votar relatório que decide se a presidente Dilma Rousseff será ou não afastado do cargo, na próxima sexta-feira, 6 de maio, ela vai participar da inauguração, em Palmas, do Centro de Pesquisa Embrapa Aquicultura e Pesca Nacional, empreendimento viabilizado com recursos da ordem de R$ 85 milhões pelo governo federal.

Anúncio foi feito pela ministra da Agricultura, senadora Kátia Abreu, durante assinatura de ações, em colinas do Tocantins, entre o ministério e prefeituras. Ainda segundo a ministra, a presidente também vai assinar a liberação de R$ 50 milhões, a fundo perdido, para serem aplicados na piscicultura e também a transformação do curso de medicina, do Campus da Universidade Federal do Tocantins, na Universidade Federal de Medicina do Norte.

Com assessoria

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247