No PSD, Matarazzo cobra saída de Kassab do governo

Com filiação ao PSD formalizada nesta quarta-feira, 30, o vereador de São Paulo Andrea Matarazzo disse que irá continuar sua oposição ao governo da presidente Dilma Rousseff; ele disse que espera que o presidente nacional da legenda e ministro das Cidades acompanhe o PMDB e deixe o governo; "Não há mais governo, o impeachment da Dilma é uma realidade e há a expectativa de que Kassab esteja saindo do ministério"

Com filiação ao PSD formalizada nesta quarta-feira, 30, o vereador de São Paulo Andrea Matarazzo disse que irá continuar sua oposição ao governo da presidente Dilma Rousseff; ele disse que espera que o presidente nacional da legenda e ministro das Cidades acompanhe o PMDB e deixe o governo; "Não há mais governo, o impeachment da Dilma é uma realidade e há a expectativa de que Kassab esteja saindo do ministério"
Com filiação ao PSD formalizada nesta quarta-feira, 30, o vereador de São Paulo Andrea Matarazzo disse que irá continuar sua oposição ao governo da presidente Dilma Rousseff; ele disse que espera que o presidente nacional da legenda e ministro das Cidades acompanhe o PMDB e deixe o governo; "Não há mais governo, o impeachment da Dilma é uma realidade e há a expectativa de que Kassab esteja saindo do ministério" (Foto: Aquiles Lins)

SP 247 - Com filiação ao PSD formalizada nesta quarta-feira, 30, o vereador de São Paulo Andrea Matarazzo disse que irá continuar sua oposição ao governo da presidente Dilma Rousseff.

Ele disse que espera que o presidente nacional da legenda e ministro das Cidades acompanhe o PMDB e deixe o governo. "Não há mais governo, o impeachment da Dilma é uma realidade e há a expectativa de que Kassab esteja saindo do ministério."

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247