HOME > Geral

No TO, ministro dos EUA destaca força do estado na produção de alimentos

Ministro Conselheiro para Assuntos Agrícolas dos Estados Unidos, Clay M. Hamilton, está no Tocantins para conhecer o panorama do setor agropecuário do Estado; ele foi recebido pelo secretário de Agricultura, Clemente Barros; missão inclui visitas a áreas de produção de arroz, soja, melancia e projetos de fruticultura; para Hamilton, com a criação do Matopiba, o Tocantins ganha mais destaque no cenário de produção de alimentos; "A meu ver, o Tocantins é parte importante neste desenvolvimento, especialmente com o destaque para o Matopiba. A produção tem chamado atenção como grande parceiro para atender a demanda mundial por alimentos", ressaltou

Ministro Conselheiro para Assuntos Agrícolas dos Estados Unidos, Clay M. Hamilton, está no Tocantins para conhecer o panorama do setor agropecuário do Estado; ele foi recebido pelo secretário de Agricultura, Clemente Barros; missão inclui visitas a áreas de produção de arroz, soja, melancia e projetos de fruticultura; para Hamilton, com a criação do Matopiba, o Tocantins ganha mais destaque no cenário de produção de alimentos; "A meu ver, o Tocantins é parte importante neste desenvolvimento, especialmente com o destaque para o Matopiba. A produção tem chamado atenção como grande parceiro para atender a demanda mundial por alimentos", ressaltou (Foto: Aquiles Lins)

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

Tocantins 247 - O Ministro Conselheiro para Assuntos Agrícolas dos Estados Unidos da América (EUA), Clay M. Hamilton está no Tocantins para conhecer o panorama atual do setor agropecuário do Estado. Na manhã desta segunda-feira, 7, o ministro esteve na sede da Secretaria do Desenvolvimento da Agricultura e Pecuária (Seagro), e foi recebido pelo secretário Clemente Barros, e pela equipe técnica da Diretoria de Políticas para a Agricultura e Pecuária. O ministro está acompanhado pelo Adido Agrícola do Departamento de Agricultura, da Embaixada dos EUA, Nicolas Rubio, e o secretário de Representação do Estado em Brasília, Renato de Assunção.

À tarde, os americanos acompanhados do diretor da Seagro, José Américo Vasconcelos continuam a programação com visita à Cooperativa Agropecuária de Pedro Afonso (Coapa) e áreas de produção dos cooperados em Pedro Afonso. Nesta terça-feira, 8, visitam a fazenda Nossa Senhora do Carmo em Porto Nacional e as áreas de produção de arroz, soja, semente e melancia, em Lagoa da Confusão. Na quarta-feira, 9, a programação será no projeto Hidroagrícola de Fruticultura São João.

Após as boas vindas, Clemente Barros fez um breve histórico da trajetória do Tocantins nos 26 anos de criação. Destacou as potencialidades como a logística favorável com inúmeras rodovias, à hidrovia e a Ferrovia Norte-Sul. "Esta Safra está sendo atípica, devido o déficit de chuva em fases críticas para as culturas, com uma queda de produção depois de dez anos batendo recordes no índice de crescimento. Nossa produção dobrou nos últimos cinco anos, e certamente, sem a influência do El Niño, continuaremos a crescer já na próxima safra", explicou.

Prodoeste

O secretário explicou ainda sobre os projetos em andamento do Governo, como o Programa de Desenvolvimento da Região Sudeste, o Prodoeste, a ascensão da piscicultura na região Central, as principais às várzeas tropicais e sobre as regiões produtoras do Estado. Clemente Barros ressaltou ainda a presença de empresas de pesquisas privadas e da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), os projetos irrigação de fruticultura, e sobre a maior vitrine do agronegócio tocantinense, a Feira de Tecnologia Agropecuária do Tocantins (Agrotins).

O Adido Nicolas Rubio disse que é a primeira vez que visitam o Estado e que o motivo é para olhar o panorama atual, conhecer e fazer contatos. "Percebo que o Tocantins é a nova fronteira agrícola, como foi o estado do Mato Grosso nas décadas de 80 e 90".

Para o ministro Clay M. Hamilton a apresentação foi interessante, e que acompanha o desenvolvimento da agropecuária brasileira há mais de 20 anos. "A meu ver, o Tocantins é parte importante neste desenvolvimento, especialmente com o destaque para o Matopiba. As apresentações foram precisas com informações sobre o panorama e sobre o objetivo do Estado para os próximos anos. Teremos agora as visitas, conhecer de perto a produção que tem chamado atenção como grande parceiro para atender a demanda mundial por alimentos", ressaltou.

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista: