CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Geral

Norte-Sul terá R$ 7,8 bi do pacote de concessões

Segundo o ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, o governo prevê investimentos de R$ 7,8 bilhões na Ferrovia Norte-Sul, nos trechos de Palmas (TO) - Anápolis (GO) e Barcarena (PA) - Açailândia (MA); e R$ 4,9 bilhões entre Anápolis (GO), Estrela D'Oeste (SP) e Três Lagoas (MS); proposta é viabilizar as concessões ainda no mandato da presidente Dilma Rousseff; pacote de concessões lançado nesta terça-feira, 9, pela presidente prevê a aplicação de R$ 198,4 bilhões investimentos em projetos de infraestrutura, pela iniciativa privada, como rodovias, ferrovias, aeroportos e portos

Imagem Thumbnail
Segundo o ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, o governo prevê investimentos de R$ 7,8 bilhões na Ferrovia Norte-Sul, nos trechos de Palmas (TO) - Anápolis (GO) e Barcarena (PA) - Açailândia (MA); e R$ 4,9 bilhões entre Anápolis (GO), Estrela D'Oeste (SP) e Três Lagoas (MS); proposta é viabilizar as concessões ainda no mandato da presidente Dilma Rousseff; pacote de concessões lançado nesta terça-feira, 9, pela presidente prevê a aplicação de R$ 198,4 bilhões investimentos em projetos de infraestrutura, pela iniciativa privada, como rodovias, ferrovias, aeroportos e portos (Foto: Aquiles Lins)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

Da Agência Brasil - A nova etapa do Programa de Investimento em Logística que está sendo anunciado neste momento pelo ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão, Nelson Barbosa, prevê a aplicação de um total de R$ 198,4 bilhões, com o objetivo de destravar a economia nos próximos anos. Os recursos serão usados em projetos de infraestrutura, pela iniciativa privada, como rodovias, ferrovias, aeroportos e portos.

O governo prevê investimentos de R$ 7,8 bilhões na Ferrovia Norte-Sul, nos trechos de Palmas (TO) - Anápolis (GO) e Barcarena (PA) - Açailândia (MA); e R$ 4,9 bilhões entre Anápolis (GO), Estrela D'Oeste (SP) e Três Lagoas (MS).

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

O ministro ressaltou que a proposta é viabilizar as concessões ainda no mandato da presidenta Dilma Rousseff e acrescentou que o governo tem conversado com governadores para discutir os investimentos regionais.

Para as rodovias, serão destinados R$ 66,1 bilhões. As ferrovias receberão R$ 86,4 bilhões. Já os investimentos nos portos somam R$ 37,4 bilhões e aos aeroportos serão destinados R$ 8,5 bilhões. Do total de recursos previstos, R$ 69,2 bilhões serão investidos entre 2015 e 2018. A partir de 2019, o programa prevê investimentos de R$ 129,2 bilhões.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Dessa forma, o governo quer estimular o uso de instrumentos financeiros para canalizar recursos privados para projetos no médio e longo prazos.

O anúncio está sendo feito no Palácio do Planalto com a presença de empresários, especialistas e autoridades do setor. Ele prevê a concessão de linhas de crédito do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para as empresas vencedoras de alguns leilões.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

O modelo de concessão das ferrovias será aperfeiçoado na nova etapa do Programa de Investimento em Logística, informou o Ministério do Planejamento. De acordo com a pasta, a definição do modelo será baseada nas características particulares de cada projeto. O governo poderá realizar leilões por maior valor de outorga, menor tarifa ou compartilhamento de investimento.

O Ministério do Planejamento prevê que a concessão da ferrovia entre Lucas do Rio Verde (MT) e Miritituba (PA) representará um investimento de R$ 9,9 bilhões. A ferrovia que ligará o Rio de Janeiro (RJ) a Vitória (ES), por sua vez, deverá significar um investimento de R$ 7,8 bilhões.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Oceano Pacífico

Segundo o Ministério do Planejamento, a Ferrovia Bioceânica, que deverá fazer a interligação do Centro-Oeste e do Norte do Brasil com o Peru, prevê investimento de R$ 40 bilhões para o trecho brasileiro. O objetivo dessa ferrovia é escoar a produção agrícola nacional para os mercados asiáticos

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO