Núcleo duro de ACM temia permanência de Bacelar

Nos bastidores da política soteropolitana, as informações dão conta de que o núcleo duro de articulação do prefeito temia a permanência de João Carlos Bacelar diante de tantas irregularidades administrativas e de mau uso do dinheiro público; o Bahia 247 apurou que até mesmo vereadores da base do governo na Câmara Municipal aconselhou ACM e o próprio Bacelar a deixar o cargo 'para não desgastar a administração'; ACM Neto nunca comentou sobre as denúncias contra o ex-secretário

Núcleo duro de ACM temia permanência de Bacelar
Núcleo duro de ACM temia permanência de Bacelar
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Bahia 247

Parte do Palácio Thomé de Souza ordem expressa para que ninguém comente a saída do deputado João Carlos Bacelar da Secretaria da Educação a não ser seus argumentos oficiais de que deixa o cargo para retomar seu mandato e "se dedicar ao debate de temas de interesse estadual e nacional".

Em nota à imprensa, ACM destacou "a grande contribuição" do secretário no período em que comandou a educação municipal. "É um parceiro e amigo, que trabalhou com afinco e competência no exercício do cargo. Nos deixa para enfrentar os desafios do Parlamento e certamente com o sucesso que sempre obteve nos cargos que exerceu. Ele volta ao Legislativo para trabalhar com a inteligência e o brilhantismo que sempre marcaram a sua atuação".

Nos bastidores da política soteropolitana, as informações dão conta de que o núcleo duro de articulação do prefeito temia a permanência de João Carlos Bacelar diante de tantas irregularidades administrativas e de mau uso do dinheiro público (veja aqui). Não custa lembrar, ACM Neto chamou atenção em nível nacional no segundo dia de seu mandato ao decretar exigência de ficha limpa para sua equipe de secretários.

O Bahia 247 apurou que até mesmo vereadores da base do governo na Câmara Municipal aconselhou ACM e o próprio Bacelar a deixar o cargo 'para não desgastar a administração'. O prefeito nunca comentou sobre as denúncias contra o ex-secretário.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247