Número de mortes violentas cai 31,4% em março

Dados divulgados em reunião do programa "Em Defesa da Vida" apontam queda de 31,4% nas mortes violentas em março, se comparado ao mesmo mês do ano passado. A maior redução foi registrada na Região Metropolitana de Fortaleza, com 50,6%, seguida pela Capital, com 36%

Dados divulgados em reunião do programa "Em Defesa da Vida" apontam queda de 31,4% nas mortes violentas em março, se comparado ao mesmo mês do ano passado. A maior redução foi registrada na Região Metropolitana de Fortaleza, com 50,6%, seguida pela Capital, com 36%
Dados divulgados em reunião do programa "Em Defesa da Vida" apontam queda de 31,4% nas mortes violentas em março, se comparado ao mesmo mês do ano passado. A maior redução foi registrada na Região Metropolitana de Fortaleza, com 50,6%, seguida pela Capital, com 36% (Foto: Rodrigo Rocha)

Ceará 247 - Pelo segundo mês consecutivo, o Ceará apresenta redução do número de mortes violentas - homicídios, latrocínios e lesões seguidas de morte. Até o dia 29 deste mês, os óbitos diminuíram 31,4% em todo o estado, em relação a março do ano passado, segundo informações divulgadas pelo governador Camilo Santana (PT), em reunião do programa "Em Defesa da Vida", ocorrida na terça (31).

Os números dão sequência ao desempenho apresentado em fevereiro deste ano, em que a redução atingiu a marca de 13,5%. Até o momento, a queda mais expressiva foi registrada na Região Metropolitana, com 50,6%, seguida pela Capital, com 36%, Interior Norte, com 15,3%, e Interior Sul, com 11,9%. "Os dados positivos e o decréscimo no número de vítimas de mortes violentas, neste momento, só nos fortalece para cumprir com essa missão que é garantir que a população se sinta mais segura. Fico, cada dia desse governo, mais estimulado, com o trabalho que está sendo. Portanto, queria agradecer o esforço e o trabalho das equipes que no dia a dia fazem a segurança pública do nosso Estado. E que minhas mensagens possam ser transmitidas para todas as tropas", disse o governador.

(Com informações da Assessoria de Imprensa)

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247