Número do PCC aparece em jingle de Alckmin

A equipe do candidato do PSDB à Presidência, Geraldo Alckmin (PSDB-SP), deixou aparecer o número 1533, uma referência à facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital), no vídeo de divulgação do jingle do candidato; a presença do PCC no Estado de São Paulo tem sido um dos temas mais explorados por adversários de Alckmin na corrida presidencial de 2018

Número do PCC aparece em jingle de Alckmin
Número do PCC aparece em jingle de Alckmin

247 - A equipe do candidato do PSDB à Presidência, Geraldo Alckmin, deixou aparecer o número 1533, uma referência à facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital), no vídeo de divulgação do jingle do candidato. Um novo vídeo foi lançado com a cena cortada, segundo informa o portal Poder 360

A combinação dos algarismos "1533" seria uma referência à posição em que as letras PCC aparecem no alfabeto ("P" é a 15ª e "C" é a 3ª). O PCC teve origem em São Paulo e hoje tem controle do tráfico em oito estados. 

Segundo o portal, a equipe de marketing de Alckmin afirmou que eram questões "técnicas", não justificando a repentina edição do vídeo. 

Adversários dizem que Alckmin possui um pacto de não agressão com o PCC, argumento muito utilizado para enfraquecer a candidatura do tucano nas eleições de 2018. 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247