O custo de vida em São Paulo

(Foto: Pixabay)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Saiba o quanto precisa gastar para viver na capital paulista

É de conhecimento de todos que os imóveis em São Pauloestão entre os mais caros de todo o país, em razão disso, a procura por hotéis perto de São Paulo para o final de semana é muito grande. Diz-se que a moradia é a vilã-mor do custo de vida na capital paulista, por se encontrar 57% acima do custo médio de habitação do Brasil. 

O Rio de Janeiro é outro lugar bastante caro também. Aliás, o custo de moradia no Rio de Janeiro é o recordista do país: morar na capital carioca é mais caro que morar que morar em boa parte do país, mais caro que São Paulo; de fato, o custo de moradia no Rio é 70% maior que a média brasileira.

No custo de habitação, São Paulo fica logo atrás. No entanto, no que se refere ao custo de vida como um todo, englobando todos os outros gastos, São Paulo ocupa o topo do ranking de maior custo de vida. Entenda melhor adiante.

Como é residir na cidade de São Paulo?

Residir em São Paulo é residir na maior cidade do Brasil inteiro, não só em termos de extensão territorial, mas também de população. Ela é a mais populosa do país e a oitava mais populosa de todo o mundo. Ela é conhecida como a cidade que nunca dorme e isso não é sem motivo: nela se encontram uma infinidade de bares, restaurantes, cinemas, bares e assim por diante.

Existe cerca de 12 milhões de habitantes na capital paulista repartidos em casas e prédios ao longo dos seus 1,5 mil quilômetros quadrados, que são distribuídos em bairros muito distintos entre eles no que concerne ao perfil, custos e mobilidade urbana.

É por essa razão que o assunto do custo de vida em São Paulo é tão fundamental na vida dos habitantes da cidade, tanto aqueles que já moram ali, quanto aqueles que planejam ir morar na referida cidade.

Todos esses indicativos evidenciam ao menos parcialmente o quanto a cidade de São Paulo é dotada de uma riqueza cultural e urbana imensa. Aqueles que tem vontade de morar na cidade tem muitas alternativas ao seu dispor.

Seu longo histórico de imigração culminou na criação de bairros de tradição italiana, como o Bixiga e o Brás; asiática, como o bairro da Liberdade, entre outras nacionalidades diferentes. Isso é praticamente um sinônimo de um leque diversificado de opções no quesito gastronomia e São Paulo exibe inclusive alguns dos melhores restaurantes do mundo.

A cultura, lazer e entretenimento é outro atributo incomparável da capital paulista. São muitos museus, galerias de arte, centros culturais, teatros, sem falar em eventos culturais e artísticos, shows, festivais e outros.

O transporte urbano em São Paulo merece um destaque a parte. Ainda que seus engarrafamentos e trânsito sejam bem complicados, ela é inegavelmente dotada de uma malha de transporte público abundante, diversificada e robusta, composta de trens, metrô, ônibus, ciclovias e ciclofaixas, além do transporte particular, como Uber, 99 Táxi, Cabify e muito mais.

Quem vai comprar um apartamento na Barra Funda, por exemplo, tem a sua disposição não somente um grande contingente de linhas de ônibus, mas a enorme e famosa estação da Barra Funda, onde existe o metrô e a integração com a CPTM, sem falar no terminal rodoviário, com ônibus para várias partes da cidade e ônibus intermunicipais e interestaduais.

Como calcular o custo de vida em São Paulo

Antes de se aprender como calcular custo de vida em São Paulo, é crucial compreender que o custo de vida é união de duas variações básicas: os gastos fixos e os gastos variáveis, necessários para manter o seu padrão e estilo de vida.

Entende-se como gastos fixos aqueles que devem ser pagos todo mês, obrigatoriamente e que não se modificam ou ao menos não se modificam tanto. Eles são compostos pelas despesas com:

· Aluguel;

· Condomínio;

· Parcelas do financiamento imobiliário;

· IPTU;

· Água;

· Luz;

· Gás;

· Internet;

· Telefone;

· Faxina/limpeza;

· Alimentação;

· Supermercado (produtos de limpeza, higiene, etc);

· Mensalidades escolares;

· Plano de saúde;

· Seguro de veículo;

· Transporte;

· Etc.

Por outro lado, os gastos variáveis são todos os demais que fazem parte do seu estilo de vida, aqueles cuja ocorrência não tem uma periocidade regular ou ainda que são eventuais, como compras em geral, consertos, lazer, viagens e assim por diante.

Para saber o quanto você precisa gastar para viver em São Paulo ou conferir áreas nas quais você está gastando acima do esperado uma boa dica é conferir o índice de custo de vida (ICV), que calcula o somatório dos preços médios de serviços e bens oferecidos em uma determinada cidade.

Uma das instituições que efetua esse cálculo é o DIEESE (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos. Mensalmente, ela levanta os valores de aproximadamente 500 itens em São Paulo e calcula o índice de custo de vida. Há também sites informais e colaborativos que fazem esse cálculo, como o CustodeVida.com.br.

Tendo tudo isso em mente, sabendo onde obter os dados necessários para calcular o seu custo de vida em São Paulo, deve-se ter ciência também que os preços oscilam muito em conformidade com a localização. 

A nível de exemplo, o preço médio do metro quadrado em Cidade Tiradentes é de R$2.320, um bairro da zona leste, mais longe do centro, enquanto que o metro quadrado no Vila Nova Conceição, localizado em uma área nobre da cidade custa R$18.163.

A venda de apartamentos no Itaim Bibi, área privilegiada de São Paulo, certamente tem um valor mais elevado que em Itaquera, por exemplo.

Comer em um restaurante pode gerar uma despesa de R$16 em uma área da cidade e R$97 em outra. O popular cafezinho pode custar R$3 em um lugar e R$7 em outro. Tudo vai depender das suas necessidades, possibilidades e preferências.

Um apartamento de 50m² pode ter um aluguel de R$650 e R$2.430, dependendo da região onde ele se localiza. Um apartamento compacto em um bairro razoável (por razoável entenda que não tenha muito assalto, tráfico, violência, tenha um mínimo de estrutura, etc) sai por mais ou menos R$1.200,00; juntando condomínio o custo da habitação em si sai por R$1.650,00.

Agora você tem uma ideia de como calcular o custo de vida em São Paulo, a depender da região onde pretende morar. Curta e compartilhe esse post em suas redes sociais!

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email