O péssimo exemplo de Inácio Neto

Vereador que correu (literalmente) do CQC destaque negativo nas redes sociais; a cada minuto aumenta o nmero de internautas que condenam a postura do parlamentar recifense; e, para piorar a situao, Incio ainda se vangloria de ter vencido os humoristas na corrida. Pena que ele no teve coragem de tentar vencer tambm no debate

O péssimo exemplo de Inácio Neto
O péssimo exemplo de Inácio Neto (Foto: Aguinaldo Leonel/Câmara Municipal do Recife)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

PE247 – A inusitada fuga, ontem (24), do vereador do Recife Inácio Neto (PSB), da equipe de reportagem do programa humorístico CQC, da Band, que pretendia entrevistá-lo sobre o aumento de 62% do salários dos parlamentares recifenses, é um dos principais temas comentados nas redes sociais. Vários questionamentos sobre o porquê do socialista ter corrido, críticas a sua postura e, principalmente, declarações de “vergonha do legislativo” do município se acumulam a cada minuto. As palavras “CQC” e “vereadores” estão, inclusive, no Trend Topics Recife, do Twitter.

E, para piorar a situação, o vereador Inácio Neto, em entrevista ao Blog de Jamildo, se vangloriou de ter conseguido superar, na corrida, a equipe do CQC. “Eles não aguentaram comigo. Corri até o outro lado da praça [da Faculdade de Direito], mas eles não conseguiram acompanhar. Um deles até caiu”, afirmou, completando: "Fui eleito 'de primeira', com 5.311 votos e sem padrinho político. E hoje eu vou falar com eles. Ontem eles não aguentaram com meu hobby e hoje eu vou mostrar que aguento com o deles.” Cabe a pergunta: Correr de questionamentos parece um hobby próprio do cargo de vereador?

Os jornais pernambucanos retratam o fato como lamentável. E ele é! Um representante do povo se nega a prestar esclarecimentos a esse mesmo povo e, pior, mostrar não ter coragem de enfrentar questionamentos. A política é a arte do contraditório. O debate constrói os principais avanços da sociedade. Quando um vereador foge, alimenta perguntas que vez por outra se repetem: Para que serve mesmo esse cargo? Os parlamentares municipais representam realmente os anseios do povo, os debatem ou apenas estão na política como um meio de vida?

O repórter-humorista do CQC Ronald Rodrigues, que correu atrás de Inácio Neto pelas ruas do Recife, postou em sua página no twitter que não tinha vista nada parecido com a cena no programa. E olhe que os comandados de Marcelo Tas se especializaram em provocar reações inusitadas e até excêntricas de muitos deputados, prefeitos e senadores.

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email