Odílio Rodrigues confirma atraso de salários no Santos

"São 15 dias de atraso na CLT (salários na carteira de trabalho) e na imagem dos jogadores. Não há atraso no pagamento dos outros funcionários dos clubes", declarou Odílio

"São 15 dias de atraso na CLT (salários na carteira de trabalho) e na imagem dos jogadores. Não há atraso no pagamento dos outros funcionários dos clubes", declarou Odílio
"São 15 dias de atraso na CLT (salários na carteira de trabalho) e na imagem dos jogadores. Não há atraso no pagamento dos outros funcionários dos clubes", declarou Odílio (Foto: Luis Mauro Queiroz)

Por Danilo Cândido de Oliveira, do  Futnet

O presidente do Santos, Odílio Rodrigues, confirmou que o clube está com 15 dias de salários atrasados. Na noite de última segunda-feira, o mandatário revelou à 'Rádio Bandeirantes' que o clube ainda não conseguiu pagar os vencimentos do mês passado na data correta de novembro.

"São 15 dias de atraso na CLT (salários na carteira de trabalho) e na imagem dos jogadores. Não há atraso no pagamento dos outros funcionários dos clubes", declarou Odílio.

Os atrasos no Peixe, no entanto, têm sido frequentes. Os vencimentos de setembro, que são pagos em outubro, também demoraram mais que o previsto para entrar na conta dos atletas.

A venda do mando de campo no clássico contra o São Paulo para a Arena Pantanal, em Cuiabá, e o aporte da montadora chinesa que estampa sua marca na camisa do Peixe foram as verbas que "salvaram" o clube.
 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247