Opep corta produção de petróleo e Petrobras dispara 8%

O grupo vai reduzir a produção em 1,2 milhão de barris por dia, no primeiro corte em oito anos, disse um delegado à Bloomberg em Viena, onde ocorre a reunião da Opep nesta quarta-feira

Operário checa amostra de petróleo na plataforma Cidade Angra dos Reis, no campo de Lula, a cerca de 300 km da costa do Rio de Janeiro. A Petrobras vai aumentar a produção neste ano com a operação de projetos atrasados e a entrada de plataformas previstas
Operário checa amostra de petróleo na plataforma Cidade Angra dos Reis, no campo de Lula, a cerca de 300 km da costa do Rio de Janeiro. A Petrobras vai aumentar a produção neste ano com a operação de projetos atrasados e a entrada de plataformas previstas (Foto: Leonardo Attuch)

Do Infomoney - Os países membros da Opep (Organização dos Países Exportadores de Petróleo) fecharam um acordo para cortar a produção da commodity pela primeira vez em oito anos, segundo informações da Bloomberg, que citam um delegado do grupo.

A Opep vai reduzir a produção em 1,2 milhão de barris por dia para 32,5 milhões de barris por dia, disse um delegado à Bloomberg nesta quarta-feira em Viena, onde ocorre a reunião do grupo. A fonte pediu para não ser identificada já que a decisão ainda não é pública. 

Às 11h28 (horário de Brasília), as ações ordinárias e preferenciais da Petrobras acumulavam respectivas altas de 7,72% e 7,84%, a R$ 17,99 e R$ 15,81 nesta ordem. Lá fora, os preços do petróleo Brent subiam 7,58%, a US$ 50,02 o barril, enquanto o WTI disparava 7,23%, a US$ 48,50 o barril. 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247