Operação Trevo da PF apreende R$ 302,6 milhões

Polícia Federal combate organização que utilizava jogo do bichos e máquinas caça-níqueis, além da comercialização de títulos de capitalização, em um esquema de lavagem de dinheiro; agentes fecharam 16 estabelecimentos e apreenderam mais de R$ 302,6 milhões; grupo atuava em 13 estados emitindo bilhetes de loteria disfarçados de título de capitalização, além de servir como uma espécie de seguradora financeira para as bancas de jogo do bicho

Polícia Federal combate organização que utilizava jogo do bichos e máquinas caça-níqueis, além da comercialização de títulos de capitalização, em um esquema de lavagem de dinheiro; agentes fecharam 16 estabelecimentos e apreenderam mais de R$ 302,6 milhões; grupo atuava em 13 estados emitindo bilhetes de loteria disfarçados de título de capitalização, além de servir como uma espécie de seguradora financeira para as bancas de jogo do bicho
Polícia Federal combate organização que utilizava jogo do bichos e máquinas caça-níqueis, além da comercialização de títulos de capitalização, em um esquema de lavagem de dinheiro; agentes fecharam 16 estabelecimentos e apreenderam mais de R$ 302,6 milhões; grupo atuava em 13 estados emitindo bilhetes de loteria disfarçados de título de capitalização, além de servir como uma espécie de seguradora financeira para as bancas de jogo do bicho (Foto: Paulo Emílio)

Pernambuco 247 - O balanço geral da Operação Trevo, deflagrada pela Polícia Federal para combater uma organização que utilizava jogo do bichos e máquinas caça-níqueis, além da comercialização de títulos de capitalização, em um esquema de lavagem de dinheiro resultou no fechamento de 16 estabelecimentos e na apreensão de mais de R$ 302,6 milhões.

De acordo com a Polícia Federal, a organização atuava em 13 estados brasileiros emitindo bilhetes de loteria disfarçados como título de capitalização, além de servir como uma espécie de seguradora financeira para as bancas de jogo do bicho. Uma ramificação da organização, baseada em São Paulo, seria responsável por fornecer as máquinas caça-níqueis utilizadas pelo grupo. Os valores arrecadados pelas loterias estaduais eram repassados para entidades filantrópicas de fachada que, em seguida, retornavam o dinheiro aos cofres da organização.

A primeira fase da Operação Trevo foi deflagrada em 12 de novembro, enquanto a segunda aconteceu na última sexta-feira (21). Ao todo, 460 agentes federais foram responsáveis pelo cumprimento de 11 mandados de prisão temporária, 23 mandados de prisão preventiva, 25 mandados de intimações coercitivas e 104 mandados de busca e apreensão.

As ações resultaram na apreensão de R$ 302,6 milhões e US$ 360 mil. Também foram apreendidos 19 carros de luxo, dois revólveres e 12 notebooks. Os estabelecimentos fechados em todo o País pertencem à Aky Loterias, Banca Sonho Real, Banca Paraibana e Banca Aliança.

A estimativa é que o esquema tenha movimentado R$ 1 bilhão. Além de Pernambuco, as investigações também acontecem nos estados do Rio Grande do Sul, Amazonas, Alagoas, Paraíba, Goiás, Bahia, Piauí, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Pará e Minas Gerais.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247