CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Geral

Oposição monta estratégia para se sair bem do episódio do Proinveste

Pela entrevista da presidente da Assembleia, Angélica Guimarães, ao Correio de Sergipe, percebe-se que da seguinte forma: primeiro, a oposição coloca a culpa no Governo por não ter dialogado, depois diz que, aberto o entendimento, a oposição apresentou as sugestões que faltavam para amarrar o projeto e, por fim, ressalta que acima de supostos outros interesses em torno do projeto, os deputados oposicionistas não iriam se opor ao povo

Oposição monta estratégia para se sair bem do episódio do Proinveste
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

Sergipe 247 – A entrevista da deputada estadual Angélica Guimarães (PSC), presidente da Assembleia Legislativa, ao jornal Correio de Sergipe, na edição de domingo/segunda (24 e 25/2) mostra claramente o caminho que a oposição encontrou para justificar sua mudança de posicionamento em relação ao Proinveste e como saberá tirar dividendos políticos da aprovação do projeto. 

Ao explicar, ao longo das respostas que o que faltava ao Governo era dialogar com a oposição, a parlamentar, considerada uma das principais mediadoras da abertura do entendimento, repisa o argumento da base que integra de que era preciso “priorizar as obras estruturantes” e que incorporadas as propostas feitas pela oposição não haverá qualquer impedimento à aprovação do projeto.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Ela lembra que, na semana passada, o secretário da Casa Civil, Silvio Santos (PT), apresentou a resposta do governador Marcelo Déda (PT) às indicações da base oposicionista, que não apresentou objeções ao novo formato do projeto. Passada esta etapa, diz, “agora, falta apenas sentar com o governador novamente, bater o martelo e ele reapresentar o projeto na Assembleia”.

“Faltava apenas o diálogo. Ninguém consegue fechar o entendimento sem conversa”, reforça Angélica, para em seguida ressaltar que continuará “mediando as discussões e colocando as questões do Estado acima de todos os demais interesses”. E arremata afirmando que “ninguém se opôs ao povo sergipano”.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Desta forma, a presidente detalha como foi montada a estratégia da oposição para sair-se bem na famigerada discussão do Proinveste. Primeiro, coloca a culpa no Governo por não ter dialogado, depois diz que, aberto o entendimento, a oposição apresentou as sugestões que faltavam para amarrar o projeto e, por fim, ressalta que acima de supostos outros interesses em torno do projeto, os deputados oposicionistas não iriam se opor ao povo.

É realmente uma boa saída para aqueles que até janeiro não se importavam com a perda de recursos importantíssimos ao desenvolvimento do Estado, que falavam apenas que com mais este empréstimo, o Estado seria inviabilizado – mesmo o Governo mostrando que o valor comprometido estava dentro da margem da dívida aceitável pelo Tesouro Nacional – e que as obras eram eleitoreiras. Os governistas, ávidos pela aprovação, não ousam fazer qualquer questionamento.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247,apoie por Pix,inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Carregando os comentários...
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Cortes 247

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO