CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Geral

Os mais desejados

Celulares, notebooks e tablets são prioridades de consumo do brasileiro. Pesquisa revela, ainda, que ricos pretendem parcelar mais a compra destes itens que emergentes

Os mais desejados (Foto: Shutterstock)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

Luciane Macedo _247 - Celulares, notebooks e tablets são os três produtos no topo da lista de compras dos brasileiros, segundo a pesquisa "Desejos de Consumo do Brasileiro em 2012", realizada pela Associação Nacional das Instituições de Crédito, Financiamento e Investimento (Acrefi) em parceria com o Instituto Data Popular. O levantamento também mostra que parcelar o pagamento ainda é a opção preferencial para 61% dos brasileiros, enquanto que somente 39% manifestaram intenção de pagar suas compras à vista. Mas quando se trata dos produtos mais desejados, é a nova classe média ou emergente (classes C, D e E) que mais pretende pagar à vista, e não as de alta renda (classes A e B).

Embora o Brasil já some mais de 250 milhões de linhas de celulares em uso, número muito acima da população, e a qualidade dos serviços em relação aos preços praticados no mercado continue a ser alvo de crítica de muitos consumidores, 37 milhões de brasileiros pretendem comprar um celular este ano, diz a pesquisa.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

O segundo item mais desejado, com preços em queda e cada vez mais acessíveis, é o notebook, com intenção de compra manifestada por 32,4 milhões de consumidores. O tablet vem ganhando força como objeto de desejo: 25,6 milhões de brasileiros querem comprar um este ano.

Notebook e tablet somam 58 milhões das intenções de compra, ao passo que apenas 3,8 milhões de consumidores querem comprar um computador este ano.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

"Quanto às formas de pagamento, a maioria prefere parcelar as aquisições de notebooks e tablets. Em relação à compra de celulares, a preferência é pelo pagamento à vista", comenta o economista-chefe da Acrefi, Nicola Tingas.

Mas há diferenças entre as classes na intenção de pagamento quanto aos três itens mais desejados. Para celular, 41,3% dos emergentes querem parcelar, contra 51,3% das classes de alta renda. Para notebook, 51% das classes C, D e E preferem parcelamento, contra 59% das classes A e B. Para tablet, metade da nova classe média pretende parcelar, contra 68,9% das classes altas.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

A pesquisa auferiu, ainda, o desejo de compra dos brasileiros quanto a outros bens de consumo, de eletrodomésticos a jogos de quarto, passando pela aquisição de imóveis e veículos.

Comprar um carro novo ou usado é o desejo de 8,5 milhões de brasileiros, sendo 55,3% das classes C e D e 44,7% das classes A e B. Conforto, rapidez e liberdade são os principais motivadores para a intenção de compra.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

A via de aquisição de veículos preferida das classes emergentes é o financiamento bancário (40,8%), seguido por pagamento à vista (33,9%), financiamento da loja (12,7%), leasing (7%) e consórcio (5,7%). Já na na alta renda, a preferência é pelo pagamento à vista (44,2%), seguido por financiamento bancário (33,5%), financiamento da loja (11,7%), leasing (7,6%) e consórcio (2,9%).

Para Tingas, o levantamento confirma que a demanda de crédito de consumo continua alta no Brasil. "Mesmo com a dificuldade de pagamento de dívidas iniciada a partir da forte contração do ritmo de crescimento da economia em 2011, o brasileiro quer poder continuar a ter um padrão de consumo e de vida mais compatível com o desenvolvimento do país e de sua ascensão em termos de emprego e renda", observa o economista. "Na prática, o atual momento de ajuste da economia não inibiu que em breve, quando da retomada do crescimento econômico com mais vigor, o consumo e a utilização de crédito continuem a crescer".

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

A pesquisa "Desejos de Consumo do Brasileiro em 2012", divulgada na semana passada, foi realizada entre dezembro e janeiro em 71 cidades.

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247,apoie por Pix,inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Cortes 247

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO