CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Geral

Paim sinaliza que pode deixar o PT em breve

Senador Paulo Paim (RS) afirmou que poderá deixar o PT, legenda da qual faz parte desde 1980. Segundo o parlamentar, que está no Recife para realizar uma audiência pública sobre o PLC 30/2015, que trata da terceirização, ele só não deverá procurar "novos caminhos" caso o PT reveja algumas posições; "Sou contra algumas medidas que o governo vem tomando, eles tem mexido nos direitos do trabalhador, aposentado, pescador, viúvas e eu sou contra, infelizmente me sinto descontente no partido e cheguei a conclusão que se a forma de governo não mudar terei que procurar novos caminhos", afirmou

Imagem Thumbnail
Senador Paulo Paim (RS) afirmou que poderá deixar o PT, legenda da qual faz parte desde 1980. Segundo o parlamentar, que está no Recife para realizar uma audiência pública sobre o PLC 30/2015, que trata da terceirização, ele só não deverá procurar "novos caminhos" caso o PT reveja algumas posições; "Sou contra algumas medidas que o governo vem tomando, eles tem mexido nos direitos do trabalhador, aposentado, pescador, viúvas e eu sou contra, infelizmente me sinto descontente no partido e cheguei a conclusão que se a forma de governo não mudar terei que procurar novos caminhos", afirmou (Foto: Paulo Emílio)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

Pernambuco 247 - O senador Paulo Paim (RS) afirmou que poderá deixar o PT, legenda da qual faz parte desde 1980. Segundo o parlamentar, que está no Recife para realizar uma audiência pública sobre o PLC 30/2015, que trata da terceirização, ele só não deverá procurar "novos caminhos" caso o PT reveja algumas posições. Sou contra algumas medidas que o governo vem tomando, eles tem mexido nos direitos do trabalhador, aposentado, pescador, viúvas e eu sou contra, infelizmente me sinto descontente no partido e cheguei a conclusão que se a forma de governo não mudar terei que procurar novos caminhos", afirmou.

De acordo com o parlamentar, existe uma situação geral de desconforto dentro da legenda, mas que não será ele que irá "jogar pedras" caso deixe a sigla. Ele disse, ainda, que não pretende concorrer a nenhum cargo eletivo nas eleições municipais de 2016 e que pretende cumprir os eu mandato ate o fim. "As eleições municipais estão chegando, mas vou cumprir meu mandato até o fim. Não irei me candidatar, mas estarei no debate político pelo PT ou por outo partido", disse.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Ele afirmou, ainda, já ter recebido convites de diversos outros partidos para deixar o PT. "A sigla é só um instrumento para defender o povo brasileiro. Caso eu saia do PT irei para um partido que defenda os aposentados, trabalhadores, mulheres, deficientes e que não tenha nenhuma forma de preconceito", observou.

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Cortes 247

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO