Palmeiras cai diante do Bahia e se complica

Verdão perdeu de 2 a 0, em casa, e está colado na zona de rebaixamento do Brasileirão

Palmeiras cai diante do Bahia e se complica
Palmeiras cai diante do Bahia e se complica (Foto: Folhapress)

Band.com - A série invicta do Verdão na Arena Barueri caiu. Sem perder em 2012 no estádio, os alviverdes sucumbiram frente ao Bahia por 2 a 0, na noite desta quinta-feira. Apesar de terem dominado todas as ações no duelo, o Verdão pecou nas finalizações e acabou vendo o árbitro errar no pênalti que culminou no primeiro tento Tricolor. 

Já os visitantes, que abusaram dos contra-ataques, souberam matar a partida no momento certo e voltaram para Salvador com os três pontos. O herói da noite acabou sendo o centroavante Souza, que marcou os dois tentos de sua equipe.

Com a derrota, os palmeirenses caíram para a 16ª posição com 10 pontos, sendo o primeiro time fora da zona da degola. O revés também quebrou uma série de quatro jogos sem perder no Brasileirão. Com o triunfo, os baianos somaram 11 pontos, chegaram à 15ª posição e saíram da zona de rebaixamento da competição. 

O jogo

A partida na Arena Barueri começou com um Palmeiras fazendo valer seu mando de campo. Com velocidade e toques rápidos, os alviverdes engoliram o Tricolor Baiano nos primeiros minutos. Obina, querendo jogo e mostrando muita vontade para partir para cima da marcação, era o mais perigoso. O "Eto'o" do Palestra até marcou. Depois de escanteio da direita, ele pegou o rebote e colocou para dentro. O árbitro deu falta de ataque. Ele ainda se benzeu, agradeceu a Deus, mas no fim, o tento não valeu.

Sem desanimar o camisa 21 seguiu insistindo. As chances do time mandante iam aparecendo, mas nada da bola entrar. A melhor delas, aos 35, Obina não aproveitou. Ele recebeu livre após linda triangulação entre Juninho e Henrique, mas mandou para fora.

Por outro lado, o Bahia só arriscava em algumas descidas de contra-ataques. Em duas delas, quase surpreendeu. Faltou pontaria do ataque baiano. Apesar do encontro movimentado, o primeiro tempo terminou no 0 a 0. O grito de gol ficou para o segundo...

O bombardeio palmeirense continuou na segunda etapa. Com Maikon Leite em campo, o ataque ganhou em movimentação. Só faltava acertar o pé. Para isso, Felipão tratou de colocar Barcos. O Pirata, que havia disputado sua última partida há quase um mês, devido uma cirurgia de apendicite, entrou bem e fortaleceu a dupla Mazinho e Obina na frente.

Conforme o tempo ia passando, o time visitante ia recuando cada vez mais. Os alviverdes encurralavam o Bahia no campo de ataque. Era só caprichar no último passe.

Melhor durante todo o jogo, o Verdão sofreu um baita castigo. Em lance com Artur, Lulinha caiu na área e o árbitro marcou pênalti. O lance, que não existiu falta, gerou muita reclamação dos palmeirenses. Na cobrança, Souza bateu tranquilo e correu para o abraço, aos 23.

Atrás, o Palmeiras seguiu insistindo, no entanto tomou o segundo e derradeiro baque. Após linda jogada individual de Zé Roberto e defesa de Bruno, Souza, ele de novo, empurrou para dentro, aos 36.

O time de Felipão ainda seguiu buscando o gol, mas o segundo tento do Tricolor foi muito sentido. A insistência não deu em nada e os alviverdes perderam no Brasileirão após quatro rodadas sem derrota.

Na próxima rodada o Verdão vai até Minas Gerais enfrentar o Cruzeiro, no domingo. Já o Bahia vai viajar até Porto Alegre, onde enfrenta o Grêmio, também no domingo.

FICHA TÉCNICA

PALMEIRAS 0X2 BAHIA

Local: Arena Barueri, Barueri (SP)

Data/hora: 26/7/2012 – 21h (de Brasília)

Árbitro: Antônio Frederico de Carvalho Schneider (RJ)

Auxiliares: Janette Mara Arcanjo (MG) e Luiz Antônio Muniz de Oliveira (RJ)

GOLS: Souza, 23'/2ºT (0-1); Souza, 36'/2ºT (0-2)

Público e renda: 7.515 / R$ 290.060,00

Cartões amarelos: Daniel Carvalho, Leandro Amaro, Juninho (Palmeiras); Zé Roberto, Gil, Ciro, Fahel (Bahia)

PALMEIRAS: Bruno, Artur, Leandro Amaro, Wellington e Juninho; Henrique, Márcio Araújo, João Vítor (Barcos, 6'/2ºT) e Daniel Carvalho (Maikon Leite, intervalo); Mazinho e Obina (Patrik, 14'/2ºT). Técnico: Luiz Felipe Scolari.

BAHIA: Marcelo Lomba, Gil (Diones, intervalo), Danny Morais, Titi, Hélder; Fahel, Fabinho, Kléberson (Magno, intervalo) e Zé Roberto; Ciro (Lulinha, 21'/2ºT) e Souza. Técnico: Caio Junior

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247