CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Geral

Para Humberto, PT vai governar PE com Armando

O líder do PT no Senado, Humberto Costa (PE), disse acreditar que o partido apoiará à pré-candidatura do senador Armando Monteiro (PTB-PE) ao governo de Pernambuco; segundo o parlamentar, tanto na base quanto nas lideranças, entre elas o ex-presidente Lula, o sentimento é de que esse é o melhor caminho para vencer o PSB; "Foi um processo amplo, um caminho construído com muita conversa e com muita discussão entre todos os atores. Estou confiante de que, ao final, no domingo, consolidaremos esse processo, fecharemos essa posição de apoio ao nome de Armando", disse Costa

Imagem Thumbnail
O líder do PT no Senado, Humberto Costa (PE), disse acreditar que o partido apoiará à pré-candidatura do senador Armando Monteiro (PTB-PE) ao governo de Pernambuco; segundo o parlamentar, tanto na base quanto nas lideranças, entre elas o ex-presidente Lula, o sentimento é de que esse é o melhor caminho para vencer o PSB; "Foi um processo amplo, um caminho construído com muita conversa e com muita discussão entre todos os atores. Estou confiante de que, ao final, no domingo, consolidaremos esse processo, fecharemos essa posição de apoio ao nome de Armando", disse Costa (Foto: Leonardo Lucena)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

Pernambuco 247 – O líder do PT no Senado, Humberto Costa (PE), disse acreditar que o partido fechará, neste domingo (23), posição favorável ao apoio da legenda à pré-candidatura do senador Armando Monteiro (PTB-PE) ao governo de Pernambuco. De acordo com o parlamentar, tanto na base quanto nas lideranças, entre elas o presidente nacional da legenda, Rui Falcão, o ex-presidente Lula e a presidenta Dilma – o sentimento é de que esse é o melhor caminho a seguir para vencer o secretário estadual da Fazenda, Paulo Câmara (PSB), indicado pelo seu correligionário e governador Eduardo Campos, pré-candidato ao Palácio do Planalto, para disputar o Executivo pernambucano.

"Foi um processo amplo, um caminho construído com muita conversa e com muita discussão entre todos os atores. Estou confiante de que, ao final, no domingo, consolidaremos esse processo, fecharemos essa posição de apoio ao nome de Armando", disse Costa. "A partir daí, discutiremos a nossa participação na majoritária", acrescentou.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

O PT de Pernambuco ainda vive um momento delicado por conta das divergências acerca do rumo que a sigla tomará na eleição deste ano. Enquanto a cúpula nacional do partido mais algumas lideranças locais defendem o apoio ao senador Armando Monteiro, o presidente da legenda no Recife, Oscar Barreto, quer lançar candidatura própria e já colocou o seu nome à disposição do partido para concorrer ao Palácio do Campo das Princesas.

As duas candidaturas (a de Armando e outra do PT) aumentariam as chances de o PSB vencer no primeiro turno. Porém, no mês passado, Barreto afirmou que a aliança com dos petistas com Armando seria desmoralizante para a tradição do Partido dos Trabalhadores. O dirigente disse, ainda, que a união com o PTB não conseguiria defender o legado do PT para a sociedade.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Dentro do PT, o nome mais cotado mais se candidatura ao governo estadual era o ex-prefeito do Recife e atual deputado federal João Paulo, que, agora, é cotado para se candidatar ao Senado. "Entendo que o melhor nome para o posto é o do deputado federal e ex-prefeito do Recife, João Paulo", disse Humberto Costa. "Estou convicto de que vamos ter sucesso na disputa eleitoral deste ano", complementou.

Tendências

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Entre as correntes internas do PT favoráveis ao apoio da legenda à postulação de Armando Monteiro estão a Construindo um Novo Brasil, do senador Humberto Costa, e Mensagem ao Partido, do deputado João Paulo, com 100 delegados; a tendência dos deputados Fernando Ferro (federal), Teresa Leitão (estadual) e do ex-prefeito João da Costa (56); a corrente do secretário de Gestão da Educação e Trabalho na Saúde Mozart Sales (27) e a corrente Cara Nova (10). A corrente Mais, de Caruaru, principal economia do Agreste, também deve fechar com o petebista.

Por outro lado, defende candidatura própria a chapa de Oscar Barreto, com 69 delegados eleitos e a tendência 'O Trabalho', com sete delegados. A corrente Partido de Lutas e Massas (PTLM), que tem 24 delegados, ainda não manifestou sua posição.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Cortes 247

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO