Para senador Pimentel, processo de impeachment não vai prosperar

O líder do governo do Congresso, senador José Pimentel (PT-CE), afirmou que irá atuar para garantir que o processo não avance. Para o senador, pedido de impeachment não tem base legal

O líder do governo do Congresso, senador José Pimentel (PT-CE), afirmou que irá atuar para garantir que o processo não avance. Para o senador, pedido de impeachment não tem base legal
O líder do governo do Congresso, senador José Pimentel (PT-CE), afirmou que irá atuar para garantir que o processo não avance. Para o senador, pedido de impeachment não tem base legal (Foto: Fatima 247)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Ceará 247 - Para o senador José Pimentel (PT-CE), líder do governo no Congresso, a decisão do presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), de aceitar pedido de impeachment da presidenta da República, Dilma Rousseff, não tem qualquer embasamento legal ou constitucional e destacou que irá atuar para garantir que o processo não avance. "Estamos aqui no Congresso Nacional e junto à sociedade, dizendo não ao golpe".

O senador acredita que o processo de impedimento, iniciado pelo presidente da Câmara, não vai prosperar. "Temos convicção de que os membros da Câmara dos Deputados irão respeitar a legalidade e o resultado das urnas em 2014, que por ampla maioria elegeu Dilma Rousseff nossa presidenta, para governar o Brasil até dezembro de 2018". 

Pimentel também rebateu a justificativa do pedido de impeachment, com base nas chamadas pedaladas fiscais. "Esta afirmativa é inverídica", disse, destacando que a aprovação da mudança da meta fiscal, pelo Congresso Nacional, garantiu à presidenta as condições legais para fazer os ajustes no orçamento.

"Basta ver a votação que fizemos na última quarta-feira (2/12) quando, por ampla maioria, alteramos a lei que trata da execução fiscal e das diretrizes orçamentárias para 2015. Ali, 314 deputados e 46 senadores disseram que a presidenta tem autorização legal para fazer os ajustes necessários", considerou.

 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247