Parabéns São Paulo

A par de suas infinitas dificuldades, a cidade se expande, cresce e mostra desenvolvimento

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

No dia 25 de janeiro, a cidade de São Paulo, em homenagem à conversão do grande apóstolo Paulo de Tarso, comemora seus 459 de vida agitada e com desafios pela frente.

Movimentar-se numa cidade com mais de 11 milhões de habitantes, cercada por 7 milhões de carros e com transporte público deficitário é uma atividade complexa, mas várias linhas de metrô estão avançando e também a noção do coletivo ganha espaço na vida da cidade.

Contempla São Paulo seus conflitos urbanos, a questão da segurança pública, dos planos habitacionais, de saúde e, fundamentalmente, da educação.

Num momento de estagnação da economia, a cidade pujante não pode parar, ainda que suas finanças estejam combalidas, falta um plano diretor e, essencialmente, um planejamento a médio e longo prazos.

As construções de espigões verticais, ao longo dos últimos anos, comprometeram a qualidade de vida, hoje, mais do que ontem, faltam luz, água e serviços básicos em algumas regiões.

Apesar de todos os problemas, São Paulo continua recebendo milhares de brasileiros e agora estrangeiros.

Todos pretendem conhecer e realizar seus sonhos na cidade que não para e tem espírito de acolher, sem reservas, aqueles viajantes, visitantes e futuros moradores.

O aspecto do saneamento é também fundamental, a cidade precisa ser repaginada, com o enterramento de fios e cabos, serviço de banda larga, torres de celulares, enfim, um megamodelo que não a embeleza, apesar da lei que pegou da cidade limpa.

Os relógios colocados em vias importantes estão sem funcionar, não marcam as temperaturas, e necessitamos, rapidamente, colocar placas em língua estrangeira para os turistas que virão em breve para a jornada mundial da juventude e, posteriormente, para a Copa do Mundo.

A vinda de estrangeiros pode ter o condão de internacionalizar a cidade, a qual não pode ser comparada com Paris, Londres, Berlim, Barcelona ou Lisboa, na medida em que os surtos de desenvolvimento são muito maiores e as desigualdades sociais ímpares.

Logo na entrada da cidade, as marginais não podem ter barracos ou favelas, a paisagem suscita um cartão postal e, para tanto, as autoridades, naturalmente, buscam convergir para seus propósitos.

Do alto do seu aniversário, entre tantos que aqui chegaram nas décadas passadas e trouxeram seus conterrâneos, ficaram sem pressa de voltar, e o retrato que mais de perto emoldura a cidade é a possibilidade do emprego e de acesso aos bens e serviços.

Milhares de cadeias e lojas, com seus estabelecimentos comerciais, bancos, menos indústrias, mas fortemente serviços, eis uma cidade revisitada em seus ângulos e preparada para os desafios futuros de sua conjuntura macro.

A lei de zoneamento tornou tudo uma coisa só, são raros os bairros exclusivamente residenciais, a maioria se tornou misto, quando não de escritórios e outras atividades que se instalam.

São poucas as vagas de estacionamento e menos ainda os locais públicos para tantos, sendo urgente a construção de garagens verticais em espaços públicos e até mesmo próximos do metrô para conexão dos usuários.

Em resumo, a par de suas infinitas dificuldades, a cidade se expande, cresce, e mostra desenvolvimento, mas o aniversário da cidade não pode vir sem um balanço de toda a atividade para que, no futuro, os seus moradores encontrem mais soluções e menos problemas.

Parabéns São Paulo por festejar mais um ano de vida!

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247