CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Geral

Partidos menores ameaçam debandada da candidatura Lacerda

Agremiações como o PSL e o PRP, entre outras, são ligadas ao PSDB, que está em crise atualmente na coligação pela reeleição do atual prefeito de Belo Horizonte. Principal atrito é em relação ao desejo do PT de entrar na chapa também para vereadores

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

Minas 247 - Nos últimos dias, aumentaram os rumores de que as desavenças entre os principais partidos aliados do prefeito de Belo Horizonte, Marcio Lacerda (PSDB), poderiam levar a uma saída dos tucanos da coligação pela reeleição em outubro. Por enquanto, tudo não passa de rumores, negados em público pelas lideranças do partido - mas os problemas são admitidos nos bastidores, o principal deles a insistência do PT em coligar-se também na chapa para vereadores, o que não é aceito pelos tucanos.

Se o problema ficar mais sério e levar até a uma saída do PSDB as coisas ficariam mais difíceis ainda para Lacerda. Além do apoio dos tucanos, ele poderia perder o dos partidos menores que sustentam seu “chapão” de quase 20 agremiações em torno da reeleição.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Leia abaixo a matéria da jornalista Amália Goulart, do jornal Hoje em Dia:

A possível saída do PSDB da coligação pela reeleição do prefeito Marcio Lacerda (PSB)implicaria na implosão da aliança em torno do socialista. Isso porque a maior parte dos nove partidos de pequeno e médio portes, que já sinalizaram apoio a Lacerda, deverão abandonar a composição. Os tucanos podem sair da aliança caso a legenda do prefeito não monte chapa em conjunto com o PSDB para a eleição de vereadores.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

O problema do socialista é que o PT tem a mesma intenção, apesar de não ter sob seu guarda-chuvas as legendas nanicas. O argumento petista é o acordo firmado entre o governador de Pernambuco e presidente nacional do PSB, Eduardo Campos, e o ex-presidente Lula para reeleger a presidente Dilma Rousseff, em 2014.

Como o senador Aécio Neves (PSDB) se viu traído pela aliança de Campos com Lula, teria iniciado uma articulação para desidratar a campanha de Lacerda. Além disso, aumentou a pressão sobre as reivindicações tucanas na chapa, a começar
pela coligação proporcional. Aécio já negou as articulações, porém deixou claro que os partidos que hoje lançarão candidaturas contra Lacerda são de sua base de apoio.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Agora, um novo movimento promete colocar ainda mais lenha na fogueira. Se o PSDB deixar a coligação socialista, levará consigo grande parte dos partidos que declararam união com o socialista. Todos eles são ligados a Aécio Neves e a maior parte possui quadros lotados na administração do governador Antonio Anastasia (PSDB). “O PSDB trouxe Marcio Lacerda para a política e fomos juntos. Acredito que vai haver um acordo bom. Senão, vai dividir bastante (os partidos). Aí, teremos que repensar nossa decisão de apoiar o prefeito”, afirmou o presidente estadual do PSL, Agostinho Neto. A sigla possui hoje dois vereadores. Estratégia semelhante tem o PRP. “Tivemos uma conversa com Marcio para apoiá-lo. Isso foi em outro cenário, há dois, três meses. Estamos com ele, mas não está 100%. Vamos esperar a decisão do PSDB”, afirmou o vereador João Oscar (PRP). A presidente do PPS, deputada estadual Luzia
Ferreira, também informou que o partido que dirige terá que “repensar a decisão” de caminhar com Lacerda, caso o cenário mude e os tucanos desistam do socialista. Além do PPS, PHS e PRP, são ligados aos tucanos o PMN, PP, PR, PRTB, PTC e PTdoB.

“Existe um conjunto de partidos que, se tivéssemos outra posição, eles certamente nos apoiariam. Mas não é o caso. Nossa aliança (com Lacerda) é sólida”, desconversou o presidente estadual do PSDB, deputado Marcus Pestana. Como adiantou o Hoje em Dia, o senador Aécio Neves já manteve conversas com o deputado federal Leonardo Quintão (PMDB) e o deputado estadual Délio Malheiros (PV), ambos pré-candidatos à PBH.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247,apoie por Pix,inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Carregando os comentários...
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Cortes 247

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO