Paulão não se vê como titular absoluto após o gol mais bonito da carreira

"Foi o gol mais bonito que fiz na carreira. Nos ajudou bastante, deu a vitória, valoriza o resultado positivo. Todo mundo ficou feliz. O jogo foi complicado", apontou o zagueiro do Internacional

"Foi o gol mais bonito que fiz na carreira. Nos ajudou bastante, deu a vitória, valoriza o resultado positivo. Todo mundo ficou feliz. O jogo foi complicado", apontou o zagueiro do Internacional
"Foi o gol mais bonito que fiz na carreira. Nos ajudou bastante, deu a vitória, valoriza o resultado positivo. Todo mundo ficou feliz. O jogo foi complicado", apontou o zagueiro do Internacional (Foto: Luis Mauro Queiroz)

Por Danilo Cândido de Oliveira, do  Futnet

O zagueiro Paulão, do Internacional, falou sobre o gol de bicicleta que marcou na vitória de 1 a 0 do Colorado sobre o Goiás, no último domingo, pelo Campeonato Brasileiro. Apesar de marcar o gol mais bonito da carreira, o defensor afirmou que não se vê garantido no time titular.

"Foi o gol mais bonito que fiz na carreira. Nos ajudou bastante, deu a vitória, valoriza o resultado positivo. Todo mundo ficou feliz. O jogo foi complicado", apontou.

Sobre a continuidade na equipe, ele afirmou que já marcou e errou em jogo seguinte, por isso não se vê como titular absoluto.

"Se fosse assim, no último (jogo) já seria titular. Fiz contra o Figueirense também, mas depois levei a culpa. Está aberto. O time que vinha jogando estava muito bem. O Alan e o Ernando estavam fazendo bons jogos, o que precisava ser feito. A culpa geralmente cai nos defensores. É normal. O gol foi muito bonito, mas não é isso que me dará a titularidade. O Alan foi muito bem", completou Paulão.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247