Paulão quer que justiça paulista interpele Alexandre Frota

O presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados (CDHM), deputado Paulão (PT-AL), solicitou providências ao Tribunal de Justiça de São Paulo quanto às declarações do ator Alexandre Frota em função da decisão judicial que deu vitória à ex-ministra Eleonora Menicucci em ação movida por ele; Frota publicou um vídeo nas redes sociais referindo-se de forma pejorativa ao colegiado do TJ e também teria feito publicações em sua conta de Twitter divulgando o nome, fotos e a conta de Facebook do juiz Luis Eduardo Scarabelli, numa imagem que continha os dizeres “Esse juiz julga com a bunda e não com a cabeça

O presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados (CDHM), deputado Paulão (PT-AL), solicitou providências ao Tribunal de Justiça de São Paulo quanto às declarações do ator Alexandre Frota em função da decisão judicial que deu vitória à ex-ministra Eleonora Menicucci em ação movida por ele; Frota publicou um vídeo nas redes sociais referindo-se de forma pejorativa ao colegiado do TJ e também teria feito publicações em sua conta de Twitter divulgando o nome, fotos e a conta de Facebook do juiz Luis Eduardo Scarabelli, numa imagem que continha os dizeres “Esse juiz julga com a bunda e não com a cabeça
O presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados (CDHM), deputado Paulão (PT-AL), solicitou providências ao Tribunal de Justiça de São Paulo quanto às declarações do ator Alexandre Frota em função da decisão judicial que deu vitória à ex-ministra Eleonora Menicucci em ação movida por ele; Frota publicou um vídeo nas redes sociais referindo-se de forma pejorativa ao colegiado do TJ e também teria feito publicações em sua conta de Twitter divulgando o nome, fotos e a conta de Facebook do juiz Luis Eduardo Scarabelli, numa imagem que continha os dizeres “Esse juiz julga com a bunda e não com a cabeça (Foto: Voney Malta)

Alagoas 247 - O presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados (CDHM), deputado Paulão, solicitou providências ao presidente do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, Paulo Dimas de Bellis Mascaretti, quanto às declarações do ator Alexandre Frota em função da decisão judicial que deu vitória à ex-ministra Eleonora Menicucci em ação movida por ele.

Frota publicou um vídeo nas redes sociais referindo-se de forma pejorativa ao colegiado do TJ-SP. O conteúdo teria sido gravado após decisão do Tribunal que absolveu a ex-Ministra Eleonora Menicucci em processo por danos morais movido por Alexandre Frota. O autor da ação se refere a juiz do colegiado como "um juiz ativista e integrante do movimento gay". Ele alega ainda que "o juiz não julgou com a cabeça, julgou com a bunda".

Além disso, Alexandre Frota teria feito publicações em sua conta de Twitter divulgando o nome, fotos e a conta de Facebook do um juiz Luis Eduardo Scarabelli, numa imagem que continha os dizeres "Esse juiz julga com a bunda e não com a cabeça".

"Lamentamos o desrespeito das declarações referentes ao Tribunal de Justiça de São Paulo, ao tempo em que encaminhamos os documentos em que as ofensas são registradas, a fim de que Vossa Excelência tome as providências cabíveis", afirma o deputado Paulão no ofício encaminhado ao presidente do TJ-SP.

Com assessoria

Ao vivo na TV 247 Youtube 247