Paulo Garcia joga: reeleição é o bicho

Prefeito de Goiânia revela em entrevista que sua atenção está voltada à conclusão de obras, como a do Zoológico, para ter moral para, lá na campanha, prometer mais e tentar garantir um novo mandato

Paulo Garcia joga: reeleição é o bicho
Paulo Garcia joga: reeleição é o bicho (Foto: Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Goiás 247 – O prefeito de Goiânia, Paulo Garcia (PT), tem evitado o tema campanha, ou, por ora, pré-campanha. Em entrevista à Rádio 730, porém, acabou falando sobre o tema. E falou bastante. Deu dicas de como vai se apresentar ao eleitor, e de qual é sua preocupação fundamental.

Paulo Garcia parece entender que mais do que anunciar novas obras, ele tem que entregar as iniciadas. E que pouca credibilidade terá na hora de propor soluções para a cidade se não puder apresentar resultados de seus primeiros tempos no poder. “Foram mais de 200 obras em dois anos de administração e o objetivo é entregar tudo o que iniciamos”, disse ele.

Paulo está sozinho na disputa. Por enquanto, claro. Para se ter uma noção, quem poderia realmente ameaçá-lo, o candidato do governador Marconi Perillo (PSDB), o tucano Leonardo Vilela, aparece nas gravações da Polícia Federal, dentro da Operação Monte Carlo, buscando apoio do contraventor Carlinhos Cachoeira.

(Fato: Leonardo, no entanto, não está parado. Tem até página na internet para promover sua campanha. Em vez de ficar na defesa, está no ataque. Sua situação, mesmo assim, é difícil.)

Apesar desse cenário político favorável, os índices de intenção de voto de Paulo Garcia não refletem uma candidatura disparada, como seria natural. Está mais para um nome que lidera porque não tem adversário, mas que, ao ter, pode enfrentar problemas (leia mais aqui).

O receio de falar em campanha é uma preocupação que tem tudo a ver com a Construtora Delta, que tem os pés na administração municipal e é o centro das atenções no caso mais falado do País: as ligações perigosas envolvendo Carlinhos Cachoeira.

Paulo procura passar a ideia de que está voltado ao trabalho, e não proselitismo eleitoral. Mais: quieto, fica longe dos desgastes do efeito Cachoeira, que atinge principalmente Goiás.

Em relação às obras, Paulo tem o que comemorar com a volta à ativa do Zoológico de Goiânia. O efeito da volta das visitas tem sido positivo. Negativa mesmo continua sendo a demora na entrega do Mutirama, que prometia ser uma revolução e, até agora, é uma frustração.

Abaixo, acompanhe reportagem do jornal Diário de Goiás sobre as declarações de Paulo Garcia. A reportagem é assinada pela jornalista Lênia Soares, colaboradora do 247 (ou, confira aqui direto no site).

 

Paulo Garcia fala de metas de pré-campanha

Lênia Soares

Em entrevista a rádio 730 o prefeito de Goiânia, Paulo Garcia (PT), se declarou pré-candidato natural, antecipou balanço de realizações e falou sobre metas de inaugurações. “Foram mais de 200 obras em dois anos de administração e o objetivo é entregar tudo o que iniciamos”, frisou o petista.

Para o prefeito, este não é o melhor momento para falar sobre campanha eleitoral, mas os resultados da pesquisa Serpes/OPopular trouxe animação. “Estou focado na administração de Goiânia, mas ficamos felizes ao perceber os créditos revelados nas pesquisas de opinião”, disse.

Paulo considera como “natural” a reação popular que indica uma grande maioria de eleitores a espera de um novo candidato. “Não sou um especialista em pesquisas, mas não me surpreendo com a quantidade de intenções de votos nulos e de pessoas que não sabem responder. Os resultados refletem o momento de desgaste e descrença da população. Os inúmeros casos de denúncias e escândalos políticos levam a esta desconfiança naturalmente”, avaliou.

A expectativa do prefeito é que o cenário político se transforme durante as campanhas levando ao eleitor mais confiança nos projetos de sua base partidária. “Acredito que conseguiremos reverter a indecisão na confiança em nossas propostas. Temos uma grande quantidade de planos para colocarmos em prática e melhorarmos a qualidade de vida dos goianieses”, afirmou.

METAS                                              

Segundo o líder do Executivo municipal, as obras iniciadas em sua gestão deverão ser entregues até o fim do ano. “Temos uma série de inaugurações para fazer, entre elas a do Hospital da Mulher e Maternidade Dona Iris. Quando assumimos este projeto não havia um só tijolo assentado, apenas uma proposta. Atualmente ele já está praticamente pronto e a região Noroeste receberá um dos hospitais mais modernos do Estado”, declarou o prefeito.

Paulo Garcia lembra que foram gastos mais de R$ 30 milhões na construção do Hospital da Mulher. Todo o recurso veio da administração municipal, sem suporte financeiro do Governo Federal. “A prefeitura economizou muito e se esforçou para a realização desta obra. Os frutos poderão ser colhidos em breve com a nova e moderna Maternidade Dona Iris”, ressaltou.

O Parque Mutirama também tem inauguração prevista. O prefeito afirmou que em meados de junho a estrutura do Parque Temático será aberta á população. “Estamos na reta final no Parque Mutirama, a inauguração será em junho e as obras da estrutura física de trânsito nos arredores serão entregue em seguida”, disse.

Paulo ressalta que a escassez dos recursos federais não atrasará mais as obras. “Não precisamos necessariamente da verba federal. Se não conseguimos faremos como fizemos com a maternidade Dona Iris, economizando. As obras atrasarão, mas serão entregues”, afirmou.

 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247