Pedro Simon comemora os 20 anos do Plano Real

O senador Pedro Simon (PMDB-RS) comemorou os 20 anos do Plano Real e creditou parte de seu sucesso ao que chamou de habilidade política do então presidente Itamar Franco para mudar os rumos da economia do país; a outra parte, disse ele, se deveu à condução firme do então ministro da Fazenda, Fernando Henrique Cardoso e equipe econômica; e depois, também a FHC, como presidente do Brasil

Senador Pedro Simon (PMDB-RS) comemora os 20 anos do Plano Real e credita parte de seu sucesso ao que chamou de habilidade política do então presidente Itamar Franco para mudar os rumos da economia do país
Senador Pedro Simon (PMDB-RS) comemora os 20 anos do Plano Real e credita parte de seu sucesso ao que chamou de habilidade política do então presidente Itamar Franco para mudar os rumos da economia do país (Foto: Leonardo Lucena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Agência Senado - O senador Pedro Simon (PMDB-RS) comemorou os 20 anos do Plano Real e creditou parte de seu sucesso ao que chamou de habilidade política do então presidente Itamar Franco para mudar os rumos da economia do país.

A outra parte, disse ele, se deveu à condução firme do então ministro da Fazenda, Fernando Henrique Cardoso e equipe econômica; e depois, também a Fernando Henrique, como presidente do Brasil.

Simon, que foi líder do governo Itamar Franco, lembrou que o povo brasileiro não acreditava mais em planos econômicos, estava escaldado pelos planos Cruzado, Verão e Collor, vindo de congelamento de preços e de confisco de dinheiro, até mesmo da poupança.

— O plano real completa 20 anos, duas décadas, quando as outras moedas não passavam de meses ou pouquíssimos anos. Tanto tempo e quem não se lembra daquele barulhinho torturante das maquininhas de aumentar preços no supermercado. Aquele tempo em que cada vez mais sobrava mês após o salário. Quando estocar alimentos não era sinal de fartura, mas um verdadeiro investimento, porque amanha custava o dobro — comentou Pedro Simon, lembrando a remarcação diária de preço das mercadorias, por causa da inflação.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email