Pelo golpe, MBL ‘centra fogo’ no PSD baiano

A direção do Movimento Brasil Livre (MBL) na Bahia promete 'centrar fogo' nos deputados baianos do PSD que ainda não declararam sua posição sobre o impeachment da presidente Dilma Rousseff, que deve ser votado no domingo (17); o movimento instalou mais uma faixa tentando intimidar os parlamentares num viaduto na região do Iguatemi (centro econômico de Salvador); 'Paulo Magalhães Traidor', diz a faixa fixada no Viaduto Raul Seixas; o MBL tem como alvo principal o senador Otto Alencar, que preside o PSD na Bahia

A direção do Movimento Brasil Livre (MBL) na Bahia promete 'centrar fogo' nos deputados baianos do PSD que ainda não declararam sua posição sobre o impeachment da presidente Dilma Rousseff, que deve ser votado no domingo (17); o movimento instalou mais uma faixa tentando intimidar os parlamentares num viaduto na região do Iguatemi (centro econômico de Salvador); 'Paulo Magalhães Traidor', diz a faixa fixada no Viaduto Raul Seixas; o MBL tem como alvo principal o senador Otto Alencar, que preside o PSD na Bahia
A direção do Movimento Brasil Livre (MBL) na Bahia promete 'centrar fogo' nos deputados baianos do PSD que ainda não declararam sua posição sobre o impeachment da presidente Dilma Rousseff, que deve ser votado no domingo (17); o movimento instalou mais uma faixa tentando intimidar os parlamentares num viaduto na região do Iguatemi (centro econômico de Salvador); 'Paulo Magalhães Traidor', diz a faixa fixada no Viaduto Raul Seixas; o MBL tem como alvo principal o senador Otto Alencar, que preside o PSD na Bahia (Foto: Romulo Faro)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Bahia 247 - Em nota à imprensa, a direção do Movimento Brasil Livre (MBL) na Bahia promete 'centrar fogo' nos deputados baianos do PSD que ainda não declararam sua posição sobre o pedido de impeachment da presidente Dilma Rousseff, que deve ser votado no plenário da Câmara no domingo (17).

O movimento instalou mais uma faixa tentando intimidar os parlamentares num viaduto na região do Iguatemi (centro econômico de Salvador). 'Paulo Magalhães Traidor', diz a faixa fixada no Viaduto Raul Seixas.

O MBL tem como alvo principal o senador Otto Alencar, que preside o PSD na Bahia. "O leão de chácara Otto Alencar está barrando os correligionários que querem seguir a vontade do povo brasileiro. Vamos ver até quando", diz o coordenador baiano do MBL, Ricardo Almeida.

O movimento pró-golpe promete ainda 'continuar pressionando também pelas redes sociais e com atos públicos os deputados João Bacelar (PR), José Rocha (PR), João Carlos Bacelar (PTN), José Carlos Araújo (PR), Ronaldo Carletto (PP), Félix Mendonça (PDT), Bebeto (PSB) e Cacá Leão (PP)'.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email