CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Geral

Perillo busca recursos para aeroporto e VLT

Governador visita Eximbank, organização financeira dos Estados Unidos, e fala do interesse do Estado no financiamento do Aeroporto de Cargas de Anápolis e no VLT. Comitiva também conhece de perto funcionamento do programa "Ciência sem Fronteira"

Perillo busca recursos para aeroporto e VLT (Foto: Divulgação)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

Goiás 247_ Em mais um dia de visitas a órgãos públicos e privados estadunidenses, a comitiva goiana liderada pelo governador Marconi Perillo manteve conversações com diretores do Eximbank, nesta quinta-feira, em Washington, abrindo caminho para o financiamento de projetos de interesse do Estado. O Eximbank é o organismo do governo dos Estados Unidos para o financiamento das exportações, equivalente ao BNDES.

Depois de apresentar as potencialidades de Goiás e abordar as necessidades de investimentos para melhorar a infraestrutura do Estado, Marconi Perillo ouviu da diretora regional de desenvolvimento internacional de negócios para as Américas, Xiommara Creque, que o Eximbank tem interesse em investir no Estado. "Queremos fazer muito por Goiás", ela sublinhou, após conhecer os projetos goianos que buscam investimentos externos.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

O governador falou do interesse do Estado no financiamento do Aeroporto de Cargas de Anápolis, no VLT e na aquisição de equipamentos para a indústria farmacêutica. "A resposta do banco nos deixa otimistas. Os diretores veem ótimas oportunidades para colaborar com o desenvolvimento de Goiás em áreas estratégicas, como transporte, energia e tecnologia", destacou Marconi.

O Eximbank, tão logo a diretora Xiommara assumiu o cargo, foi o principal financiador da implantação do projeto de segurança aérea denominado Sivam, que tem um dos centros tecnológicos em funcionamento na Base Aérea de Anápolis.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Ao final do encontro, ficaram acertadas visitas de técnicos do governo goiano e do Banco para que as conversações sejam retomadas. "Acertamos que, no máximo em duas semanas, alguns técnicos de Goiás virão aqui para dar prosseguimento às negociações, ao mesmo tempo em que alguns técnicos do Eximbank irão até Goiás para conhecer os projetos e as necessidades de investimento que cada um tem", declarou o governador.

Ainda nesta quinta-feira o governador visitou a U.S. Trade Desenvolviment Agency, uma agência que cuida da elaboração de projetos de viabilidade econômica e fomenta o comércio exterior americano. Lá, ele foi recebido pela gerente de países para a América Latina e Caribe, Gabrielle Mandel.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Na agência, que apóia, busca parcerias e faz visitas técnicas para a execução de projetos, o secretário de Indústria e Comércio, Alexandre Baldy, manifestou o interesse de Goiás no financiamento de projetos nas áreas de energia, transporte e agropecuária. Demonstrando o interesse da agência em atender as necessidades de Goiás, a gerente combinou um segundo encontro, em duas semanas, para que sejam discutidos detalhes dos projetos.

Educação

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

O dia de visitas e reuniões foi encerrado na Northern Virginia Comunity College, onde o governador, recebido pelo vice-presidente Paul J. Veigh, foi conhecer de perto o funcionamento do programa "Ciência sem Fronteira", firmado entre os governos do Brasil e dos Estados Unidos por ocasião da visita do presidente Barack Obama ao país.

O programa cria facilidades para que estudantes universitários brasileiros possam estudar nas melhores universidades americanas. Só o Northern College vai receber, nos próximos três anos, 400 estudantes do Brasil. A seleção se dará em fevereiro próximo e os primeiros estudantes embarcam para os EUA em julho do ano que vem.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

O governador Marconi Perillo pediu informações detalhadas de como Goiás pode participar mais efetivamente do programa. Acertou o envio de técnicos goianos para treinamento nos Estados Unidos e a presença de professores e cientistas americanos na UEG e na prestação de assessoria técnica nos programas desenvolvidos pela SecTec. A universidade americana já tem um intercâmbio com o IFG, através do qual recebe estudantes da instituição federal em suas salas de aula.

No encerramento da visita, o governador fez uma ampla explanação do funcionamento do programa "Bolsa Futuro" que atenderá 500 mil alunos na formação de mão de obra. Os diretores da universidade ficaram impressionados com a iniciativa e se dispuseram a participar do programa, com o fornecimento de técnicos e professores.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO