Pernambuco confirma 4 mortes pelo vírus H1N1

Secretaria Estadual de Saúde (SES) de Pernambuco confirmou a ocorrência de quatro mortes em decorrência do vírus H1N1 no Estado; segundo a SES, todos os casos foram registrados no Recife e os pacientes tinham Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), provocada pelo vírus; até o dia 23 de abril, Pernambuco possuía o registro de 20 casos de SRAG que levaram os pacientes a óbito; deste total, sete investigações sobre as causas da doença foram encerradas em função de resultados inconclusivos sobre o que teria provocado a síndrome e outros dois foram descartados para influenza, incluindo o H1N1; todos os demais casos continuam sob investigação

Secretaria Estadual de Saúde (SES) de Pernambuco confirmou a ocorrência de quatro mortes em decorrência do vírus H1N1 no Estado; segundo a SES, todos os casos foram registrados no Recife e os pacientes tinham Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), provocada pelo vírus; até o dia 23 de abril, Pernambuco possuía o registro de 20 casos de SRAG que levaram os pacientes a óbito; deste total, sete investigações sobre as causas da doença foram encerradas em função de resultados inconclusivos sobre o que teria provocado a síndrome e outros dois foram descartados para influenza, incluindo o H1N1; todos os demais casos continuam sob investigação
Secretaria Estadual de Saúde (SES) de Pernambuco confirmou a ocorrência de quatro mortes em decorrência do vírus H1N1 no Estado; segundo a SES, todos os casos foram registrados no Recife e os pacientes tinham Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), provocada pelo vírus; até o dia 23 de abril, Pernambuco possuía o registro de 20 casos de SRAG que levaram os pacientes a óbito; deste total, sete investigações sobre as causas da doença foram encerradas em função de resultados inconclusivos sobre o que teria provocado a síndrome e outros dois foram descartados para influenza, incluindo o H1N1; todos os demais casos continuam sob investigação (Foto: Paulo Emílio)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Pernmabuco 247 - A Secretaria Estadual de Saúde (SES) de Pernambuco confirmou a ocorrência de quatro mortes em decorrência do vírus H1N1 no Estado. Segundo a SES, todos os casos foram registrados no Recife e os pacientes tinham Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), provocada pelo vírus.

Das quatro vítimas, duas tinham entre 50 e 59 anos, uma tinha entre 10 e 19 anos e a última tinha idade entre 40 e 49 anos. A investigação dos casos é de responsabilidade municipal.

Até o dia 23 de abril, Pernambuco possuía o registro de 20 casos de SRAG que levaram os pacientes a óbito. Deste total, sete investigações sobre as causas da doença foram encerradas em função de resultados inconclusivos sobre o que teria provocado a síndrome e outros dois foram descartados para influenza, incluindo o H1N1. Todos os demais casos continuam sob investigação.

Em 2015, o Estado de Pernambuco registrou 25 casos de SRAG, todos sem ligação com o vírus H1N1.

 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247