Petistas vão reagir se Lula for atacado por extremistas

Organizadores da passagem da "Caravana Lula Pelo Brasil" - no Piauí - estão tomando todas as providências para evitar qualquer ataque ou ofensa ao ex-presidente em solo piauiense; petistas adiantaram que não vão aceitar qualquer agressão, ataque ou desrespeito a Lula; esquema para atacar Lula da Silva estaria sendo organizada pela médica Adriana Sousa, do Movimento Vem Pra Rua; ela foi derrotada na eleição para a Câmara Municipal em Teresina, em 2016 

Organizadores da passagem da "Caravana Lula Pelo Brasil" - no Piauí - estão tomando todas as providências para evitar qualquer ataque ou ofensa ao ex-presidente em solo piauiense; petistas adiantaram que não vão aceitar qualquer agressão, ataque ou desrespeito a Lula; esquema para atacar Lula da Silva estaria sendo organizada pela médica Adriana Sousa, do Movimento Vem Pra Rua; ela foi derrotada na eleição para a Câmara Municipal em Teresina, em 2016 
Organizadores da passagem da "Caravana Lula Pelo Brasil" - no Piauí - estão tomando todas as providências para evitar qualquer ataque ou ofensa ao ex-presidente em solo piauiense; petistas adiantaram que não vão aceitar qualquer agressão, ataque ou desrespeito a Lula; esquema para atacar Lula da Silva estaria sendo organizada pela médica Adriana Sousa, do Movimento Vem Pra Rua; ela foi derrotada na eleição para a Câmara Municipal em Teresina, em 2016  (Foto: Voney Malta)

Piauí 247 – Os organizadores da passagem da "Caravana Lula Pelo Brasil" - no Piauí - estão tomando todas as providências para evitar qualquer ataque ou ofensa ao ex-presidente Lula em solo piauiense. Apesar de dizerem que a livre manifestação é um direito, os petistas já avisaram que não vão aceitar qualquer agressão, ataque ou desrespeito ao ex-presidente Lula, que chega ao Piauí entre os dias 1º e 4 setembro.

Estratégia para prejudicar a visita do ex-presidente estaria sendo montada pelo Movimento Vem Pra Rua. Até uma conta bancária foi postada nas redes sociais para arrecadar dinheiro para cobrir os gastos da ação contra a presença de Lula.

Ação estaria sendo organizada pela médica Adriana Sousa para ocorrer em Marcolândia, Picos, Altos e Teresina. Ela foi candidata derrotada a vereadora nas eleições de 2016 em Teresina.

Leia aqui reportagem na íntegra publicada pelo PiauíHoje sobre a ação da médica, e aqui sobre a reação prometida pelos petistas.

 

 

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247