Phil Jackson sai de fininho da NBA

O tcnico do Los Angeles Lakers, detentor de 11 ttulos no basquete profissional norte-americano, encerra a carreira aps vexame diante do Dallas Mavericks

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247, com informações da Agência Estado –

Os norte-americanos costumam dizer que um time de basquete é varrido quando perde uma série de playoffs sem vencer uma partida sequer. A expressão, contudo, é insuficiente para descrever a vitória por 4 a 0 do Dallas Mavericks sobre o Los Angeles Lakers em uma das semifinais da Conferência Oeste da NBA. A equipe californiana levou uma senhora varrida, com uma enorme vassoura de piaçava, motivando seu técnico, o legendário Phil Jackson a anunciar sua aposentadoria.

Com 21 anos de estrada, Jackson não merecia encerrar a carreira dessa forma. Detentor de 11 títulos, um recorde na NBA, ele sonhava igualar no Lakers a marca alcançada em seus anos à frente do Chicago Bulls. O treinador ganhou seis títulos com a equipe de Michael Jordan, Denis Rodman e Scottie Pippen. Desde 2000 no Lakers, ele chegou pertinho da marca de Chicago, sagrando-se cinco vezes campeão, deixando a equipe da Califórnia só uma conquista atrás do Boston Celtics, detentor de 17 campeonatos.

O sonho do sexto campeonato em Los Angeles começou a ruir em Dallas, com duas vitórias seguidas dos Mavericks. E desabou ao chão em casa com as derrotas em casa por 98 a 92, na sexta-feira, e por estarrecedores 122 a 86, neste domingo. Os texanos sobraram em quadra. Seu armador reserva, Jason Terry, igualou um recorde ao converter nove arremessos de três pontos em um jogo de playoff. Terry só desperdiçou um único arremesso e terminou a partida como cestinha, com 32 pontos. Dallas ainda registrou outro recorde: o de arremessos de três convertidos em uma partida de playoff ao acertar 20.

Outros dois reservas do Mavericks brilharam: o porto-riquenho Jose Barea, autor de 22 pontos, e o sérvio Peja Stojakovic, que contribuiu com 21. A dupla e Terry deixaram o banco para, juntos, fazer em 75 pontos. Antes mesmo do intervalo entre o segundo e o terceiro quartos, o jogo já estava resolvido.

Descontrolados com a surra, dois jogadores dos Lakers, Lamar Odom e Andrew Bynum, tiveram de deixar a quadra por terem cometido faltas intencionais no último quarto. Mas o grande derrotado foi mesmo Kobe Bryant, que havia prometido que o Lakers seria a primeira equipe da história da liga a virar uma desvantagem de 3 a 0 em uma série de playoffs. O astro marcou 17 pontos, com apenas 38% de acerto nos arremessos.

Na final da Conferência Oeste, o Dallas vai enfrentar o vencedor do duelo entre Oklahoma City Thunder e Memphis Grizzlies, liderada pela equipe do Tennessee por 2 a 1. O time de Marc Gasol e Zach Randolph assumiu a dianteira ao derrotar o adversário por 101 a 93, em casa, no último sábado.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email