Piauí vai votar pelo Brasil, nós queremos um país justo, diz Wellington

O governador reeleito do Piauí, Wellington Dias (PT), disse, em Brasília, durante reunião com dirigentes dos partidos que apoiam Fernando Haddad, que o “O Piauí vai votar pelo Brasil, nós queremos um país justo e com democracia"; o governador afirmou ainda que "Precisamos de alguém que seja capaz administrar o país no cenário atual, articulando bem com todos os poderes, setores e população”

Piauí vai votar pelo Brasil, nós queremos um país justo, diz Wellington
Piauí vai votar pelo Brasil, nós queremos um país justo, diz Wellington

Piauí Hoje - O governador reeleito do Piauí, Wellington Dias (PT), participou em Brasília, de reunião com a presidente do PT, Gleisi Hoffmann, e dirigentes nacionais dos partidos que apoiam a candidatura de Fernando Haddad. O encontro foi na tarde desta segunda-feira (22) com a Comissão de Observadores da Organização dos Estados Americanos (OEA), que estão no Brasil para acompanhar as eleições presidenciais.

Na ocasião, o Partido dos Trabalhadores (PT) entregou denúncias de violência e fake news nas eleições brasileiras. “Foi um encontro muito importante para que pudéssemos expor algumas fraudes que estão acontecendo no Brasil desde o primeiro turno”, explicou Wellington Dias.

“Entregamos um dossiê com as ações impetradas no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) contra a indústria da mentira e sobre os atos de violência ocorridos na campanha eleitoral no Brasil e alertamos sobre a gravidade do discurso de Bolsonaro feito neste domingo (21) contra o nosso candidato Fernando Haddad e os nossos apoiadores”, explicou Gleisi Hoffmann.

A presidente do PT anunciou ainda que cópia do mesmo dossiê que foi entregue aos representantes da OEA – um documento com as ações impetradas no TSE – também foi encaminhado para todas as embaixadas com sede no Brasil.

Nordeste

O governador piauiense destacou durante a reunião, o grande apoio que o candidato do PT à Presidência da República, Fernando Haddad está recebendo no Nordeste. “O Piauí vai votar pelo Brasil, nós queremos um país justo e com democracia. Precisamos de alguém que seja capaz administrar o país no cenário atual, articulando bem com todos os poderes, setores e população”, disse.

Fernando Haddad esteve recentemente para um ato no município de Picos, a 320km da capital piauiense. Em sua agenda pelo Nordeste, o candidato visitou Fortaleza, Juazeiro e Crato no Ceará, e ainda São Luiz, capital do Maranhão.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247