Pimenta cria verbo 'Dalanhar': “ato de acusar sem provas”

Deputado federal Paulo Pimenta utilizou sua conta no Facebook para criar o neologismo relacionado ao procurador Deltan Dallagnol, coordenador da força-tarefa da Lava Jato e autor do powerpoint contra o ex-presidente Lula; "DALANHAR: ato de acusar sem provas, tentar condenar por convicção; ato de misturar fatos com crenças. 'provar é argumentar'; fé como prova, sinônimo de acusação autoritária, perseguição, 'julgar é um ato de fé' - vou enviar como sugestão para o Aurélio", ironizou o deputado

Deputado federal Paulo Pimenta utilizou sua conta no Facebook para criar o neologismo relacionado ao procurador Deltan Dallagnol, coordenador da força-tarefa da Lava Jato e autor do powerpoint contra o ex-presidente Lula; "DALANHAR: ato de acusar sem provas, tentar condenar por convicção; ato de misturar fatos com crenças. 'provar é argumentar'; fé como prova, sinônimo de acusação autoritária, perseguição, 'julgar é um ato de fé' - vou enviar como sugestão para o Aurélio", ironizou o deputado
Deputado federal Paulo Pimenta utilizou sua conta no Facebook para criar o neologismo relacionado ao procurador Deltan Dallagnol, coordenador da força-tarefa da Lava Jato e autor do powerpoint contra o ex-presidente Lula; "DALANHAR: ato de acusar sem provas, tentar condenar por convicção; ato de misturar fatos com crenças. 'provar é argumentar'; fé como prova, sinônimo de acusação autoritária, perseguição, 'julgar é um ato de fé' - vou enviar como sugestão para o Aurélio", ironizou o deputado (Foto: Aquiles Lins)

Rio Grande do Sul 247 - O deputado federal Paulo Pimenta utilizou sua conta no Facebook para criar o neologismo relacionado ao procurador Deltan Dallagnol, coordenador da força-tarefa da Lava Jato e autor do powerpoint contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. 

"DALANHAR: ato de acusar sem provas, tentar condenar por convicção; ato de misturar fatos com crenças. 'provar é argumentar'; fé como prova, sinônimo de acusação autoritária, perseguição, 'julgar é um ato de fé' - vou enviar como sugestão para o Aurélio", ironizou o deputado. 

Ao vivo na TV 247 Youtube 247