Pimentel: impeachment é golpe contra a democracia

Governador de Minas, Fernando Pimentel (PT), defendeu a presidente Dilma Rousseff em entrevista nesta quinta-feira 10; “Ela está enfrentando uma crise mundial. Ela está sendo bombardeada de todos os lados”, disse; petista também demonstrou otimismo na economia mineira em 2016; “O primeiro ano foi duro. Queda da arrecadação chegou a 10%. Atingimos o limite da lei de responsabilidade fiscal. Vamos fazer o maior esforço para que em 2016 nada fique em atraso”

Governador de Minas, Fernando Pimentel (PT), defendeu a presidente Dilma Rousseff em entrevista nesta quinta-feira 10; “Ela está enfrentando uma crise mundial. Ela está sendo bombardeada de todos os lados”, disse; petista também demonstrou otimismo na economia mineira em 2016; “O primeiro ano foi duro. Queda da arrecadação chegou a 10%. Atingimos o limite da lei de responsabilidade fiscal. Vamos fazer o maior esforço para que em 2016 nada fique em atraso”
Governador de Minas, Fernando Pimentel (PT), defendeu a presidente Dilma Rousseff em entrevista nesta quinta-feira 10; “Ela está enfrentando uma crise mundial. Ela está sendo bombardeada de todos os lados”, disse; petista também demonstrou otimismo na economia mineira em 2016; “O primeiro ano foi duro. Queda da arrecadação chegou a 10%. Atingimos o limite da lei de responsabilidade fiscal. Vamos fazer o maior esforço para que em 2016 nada fique em atraso” (Foto: Luis Mauro Queiroz)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Minas 247 - Em entrevista para a rádio Itatiaia nesta quinta-feira (10), o governador Fernando Pimentel (PT) criticou o processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff, afirmando que é um golpe contra a democracia.“Ela está enfrentando uma crise mundial. Ela está sendo bombardeada de todos os lados”. 

Em seguida, o governador apontou sua preocupação para o desastre em Mariana, declarando que é necessário ressuscitar o rio Doce. “Vamos fazer de tudo para recuperar os desabrigados e ajudar na busca das vítimas que ainda não foram localizadas. Tragédias como esta, nunca mais. Temos que ressuscitar o rio Doce”. 

Por fim, Pimentel declarou estar otimista quanto a economia mineira no ano de 2016. “O primeiro ano foi duro. Queda da arrecadação chegou a 10%. Atingimos o limite da lei de responsabilidade fiscal. Vamos fazer o maior esforço para que em 2016 nada fique em atraso”.

 

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email