Pimentel promete investigar gestões tucanas

Eleito no 1° turno das eleições na disputa pelo governo de Minas Gerais, Fernando Pimentel (PT) promete fiscalizar gestões tucanas que comandaram o Estado desde 2002; seu governo pretende investigar denúncias feitas ao MP, de desvios na Saúde, Educação, Previdência do servidor e favorecimento a empresas privadas pela Cemig 

Eleito no 1° turno das eleições na disputa pelo governo de Minas Gerais, Fernando Pimentel (PT) promete fiscalizar gestões tucanas que comandaram o Estado desde 2002; seu governo pretende investigar denúncias feitas ao MP, de desvios na Saúde, Educação, Previdência do servidor e favorecimento a empresas privadas pela Cemig 
Eleito no 1° turno das eleições na disputa pelo governo de Minas Gerais, Fernando Pimentel (PT) promete fiscalizar gestões tucanas que comandaram o Estado desde 2002; seu governo pretende investigar denúncias feitas ao MP, de desvios na Saúde, Educação, Previdência do servidor e favorecimento a empresas privadas pela Cemig  (Foto: Roberta Namour)

247 – Eleito no 1° turno na disputa pelo governo de Minas Gerais, o candidato do PT Fernando Pimentel promete, assim que assumir o mandato, passar um pente fino nas gestões tucanas que comandaram o Estado desde 2002.

Desde 2002, com a eleição de Aécio Neves, o PSDB comandou Minas Gerais por três mandatos — duas com o agora presidenciável uma com Antonio Anastasia. O atual governador, Alberto Pinto Coelho (PP), cumpre o restante do mandato de Anastasia.

Segundo o colunista Ilimar Franco, dirigentes do PT em Minas dizem que vão investigar denúncias feitas ao MP, de desvios na Saúde, Educação, Previdência do servidor e favorecimento a empresas privadas pela Cemig. Os petistas dizem que não querem ser acusados de conivência.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247