Pimentel sobre Cemig: demissão é “boato”

Governador de Minas afirma ser "boato" a notícia que circulou no mercado de que o presidente da Cemig, Mauro Borges, teria pedido demissão; "Não houve pedido de demissão do presidente da Cemig de maneira nenhuma. Ele está no cargo, está com todo o apoio do governo do Estado para executar o que tem que ser feito e acho que ele está se saindo muito bem à frente da empresa", disse nesta quarta-feira

Governador de Minas afirma ser "boato" a notícia que circulou no mercado de que o presidente da Cemig, Mauro Borges, teria pedido demissão; "Não houve pedido de demissão do presidente da Cemig de maneira nenhuma. Ele está no cargo, está com todo o apoio do governo do Estado para executar o que tem que ser feito e acho que ele está se saindo muito bem à frente da empresa", disse nesta quarta-feira
Governador de Minas afirma ser "boato" a notícia que circulou no mercado de que o presidente da Cemig, Mauro Borges, teria pedido demissão; "Não houve pedido de demissão do presidente da Cemig de maneira nenhuma. Ele está no cargo, está com todo o apoio do governo do Estado para executar o que tem que ser feito e acho que ele está se saindo muito bem à frente da empresa", disse nesta quarta-feira (Foto: Gisele Federicce)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Minas 247 – O governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel (PT), negou nesta quarta-feira 6 que o presidente da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig), Mauro Borges, tenha pedido demissão. Segundo ele, a informação é "boato".

"Não houve pedido de demissão do presidente da Cemig de maneira nenhuma. Ele está no cargo, está com todo o apoio do governo do Estado para executar o que tem que ser feito e acho que ele está se saindo muito bem à frente da empresa", disse Pimentel em entrevista coletiva à imprensa em Belo Horizonte.

A notícia foi publicada no dia 4 pela coluna Radar, da Veja, assinada pela jornalista Vera Magalhães. "Circulou esse boato no mercado anteontem", comentou Pimentel. O governador participou hoje da apresentação de um novo aplicativo que permite acesso por celular a serviços públicos.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247