Placas vão ter código de barras e lacre rastreável

Novo decreto permite ao Detran-GO ter controle mais rígido sobre emplacamento de veículos no Estado; novas ferramentas vão ajudar no combate à clonagem de carros e motos. Mudanças devem ser implantadas em 90 dias. Na primeira etapa deve alcançar apenas os emplacamentos de veículos novos, de transferências de municípios ou Estado

Placas vão ter código de barras e lacre rastreável
Placas vão ter código de barras e lacre rastreável
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Goiás 247_ Decreto estadual publicado na quinta-feira (18) vai permitir ao Detran-GO ter controle mais rigoroso sobre o emplacamento de veículos no Estado. A partir de agora, o órgão de trânsito pode acompanhar desde a entrada da matéria-prima usada nas placas até a fixação do objeto no veículo (lacração). 

O novo decreto também permite ainda a implantação de novos sistemas de controle e segurança que vão inibir práticas criminosas como a clonagem e dublês.

Introduz a obrigatoriedade do lacre rastreável com a prenotação do número no documento do veículo. A estampagem da placa também passará a ser feita com sistema de película e código de barras, que terá informação do veículo e do proprietário.

Segundo o diretor de Operações, coronel Sebastião Vaz, essas ferramentas dificultam a clonagem e a circulação de veículos dublês. “Quando todo o processo estiver implementado terá um impacto significativo na redução da regularização fraudulenta de veículos produto de furtos e roubos”, avalia o diretor.

As mudanças devem ser implantadas em 90 dias. Na primeira etapa deve alcançar apenas os emplacamentos de veículos novos, de transferências de municípios ou Estado. Numa segunda etapa, proprietários de veículos serão convocados para substituir as placas. A meta, de acordo com o diretor, é levar esse novo modelo para toda a frota de veículos do Estado de Goiás.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247